A EFETIVIDADE DAS TÉCNICAS DE ISOSTRETCHING E ALOGAMENTO ESTÁTICO NA LOMBALGIA

Isadora Carneiro Kovalhuk, Daniela dos Santos

Resumo


Lombalgia é o conjunto de manifestações dolorosas que acontecem na região lombar, decorrente de alguma anormalidade nessa região sendo uma das grandes causas de morbidade e incapacidade funcional. Vários são os fatores que levam à lombalgia como: fatores genéticos, obesidade, fumo, atividades profissionais, sedentarismo, maus hábitos posturais, trauma, gravidez, trabalho repetitivo, entre outras. O objetivo desta pesquisa foi analisar o alívio da dor lombar através da aplicação das técnicas de Isostreching e Alongamento Estático, aplicadas em 10 sessões de terapia em 2 indivíduos que possuíam dor lombar frequente e encurtamento muscular da cadeia posterior da coxa. Foram feitas as seguintes avaliações: Teste de Schober, Teste de Flexão do Tronco e Teste de flexão Lateral do Tronco, goniometria e mensuração da dor através da Escala Analógica Visual da Dor. A pesquisa tem abordagem quantitativa e qualitativa. Com os resultados foi possível observar que a técnica de Alongamento Estático mostrou-se mais efetiva que a técnica de Isostretching quanto ao aumento da mobilidade lombar. Já a técnica de Isostretching mostrou-se mais eficaz em relação ao ganho de flexibilidade e na diminuição de dor na coluna lombar. Pode-se concluir que as duas técnicas foram eficazes e para melhores resultados seria então indicado a união dos dois métodos. Pode-se perceber, através dos resultados obtidos nesta pesquisa, que a atuação do fisioterapeuta é de extrema importância para o tratamento e prevenção da dor na região lombar.


Palavras-chave


Lombalgia, Fisioterapia, Reabilitação

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)


ISSN: 2317-9791

--------------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro

CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200
Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.