TERAPIA PROLONGADA OMEPRAZOL E SUAS RELAÇÃO COM NEOPLASIAS GÁSTRICAS

Juliângela Mariane Schröeder Ribeiro dos Santos, Claudriana Locatelli

Resumo


Os Inibidores da bomba de prótons são usados de forma crônica no nosso cotidiano e seu uso considerado inerte ao ser humano. Estudos recentes demonstram que o uso exagerado destes fármacos está diretamente ligado a deficiência do Ferro, Magnésio e vitamina B12, minerais fundamentais ao metabolismo humano, que estão relacionados ao aumento da susceptibilidade à pneumonia, infecções entéricas (intestinais), fraturas, entre outros. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre a terapia prolongada com o inibidor da bomba de prótons - omeprazol - e sua relação com neoplasias gástricas. Esta revisão se deu através de livros da área e da Biblioteca Virtual em Saúde nas bases de dados: Lilacs; Scielo e Medline. Adotaram-se como descritores os termos "omeprazol" e "neoplasias". De acordo com trabalhos atuais, pacientes utilizando o omeprazol por um período prolongado tiveram um aumento significativo dos níveis séricos de gastrina. Este aumento está relacionado ao desenvolvimento de hiperplasia das células do tipo enterocromafins gástricas em humanos e carcinomas gástricos em ratos. Estes dados são indicativos de desenvolvimento de tumores gástricos em usuários prolongados destes fármacos. Por este motivo são necessários mais dados a respeito do efeito da hipocloridria e da hipergastrinemia prolongadas, decorrente desta terapia para descartar ou não o risco para o desenvolvimento de tumores gástricos em humanos.

Palavras-chave: Inibidores da Bomba De Prótons. Omeprazol. Neoplasias.

 

Abstract: Proton pump inhibitors are used chronically in our daily lives and its use is considered inert to humans. Recent studies have shown that excessive use of these drugs is directly related to deficiency of iron, magnesium and vitamin B12, essential minerals to the human metabolism that are related to increased susceptibility to pneumonia, enteric infections (intestinal), fractures, among others. The aim of this study was to conduct a literature review on long-term proton pump inhibitor therapy - Omeprazole - and its relation to gastric neoplasia. The review used books on the subject and the Virtual Health Library in databases: Lilacs; Scielo and Medline. The terms "Omeprazole" and "neoplasia" were adopted as descriptors. According to current studies, patients using omeprazole for an extended period had a significant increase on serum gastrin levels. This increase is related to the development of gastric enterochromaffin-like cells hyperplasia in humans and gastric carcinomas in rats. These data are indicatives of the development of gastric tumors in long term users of these drugs. For this reason, more data are needed about the effect of prolonged hypochlorhydria and hypergastrinaemia, due to this therapy, to discard or not the risk for the development of gastric tumors in humans.

Keywords: Proton Pump Inhibitors. Omeprazole. Neoplasia.


Texto completo:

PDF


ISSN: 2317-9791

--------------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro

CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200
Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.