RELATO DE CASO: INTERAÇÃO DO MÉDICO E FARMACÊUTICO CLÍNICO NA AVALIAÇÃO E CONDUTAS FARMACOTERAPÊUTICAS EM UMA PACIENTE USUÁRIA DE PSICOTRÓPICOS

Mozartt Arthor Bondan, Caroline Correa da Silva, Jeandra dos Santos, Fabiola Luara Pelentir

Resumo


A Atenção Básica à Saúde constitui o primeiro nível de atenção à saúde. Contempla ações e serviços médicos e multiprofissionais. Na maioria das unidades de saúde, o alto fluxo de usuários e os recursos escassos, delimitam o tempo de atendimento o qual muitas vezes é sacrificado em benefício do processo de gestão. A morbimortalidade vinculada a medicamentos é um importante problema de saúde pública, estudos demonstram que intervenções farmacêuticas geram redução de custos, aumentam a qualidade do cuidado ao paciente e segurança, identificando e prevenindo erros o que geralmente ocasiona em problemas e má adesão a terapia prescrita. Os problemas farmacoterapêutico podem ser reduzidos significantemente quando o farmacêutico clínico avalia o usuário os identifica. O farmacêutico deve repassar as recomendações, intervenções e mudanças na terapêutica ao prescritor. A adesão clinica não é um processo simples, por ser dinâmica, complexa, multidimensional, estratégias para promoção a adesão vão ao encontro da necessidade de melhorias no processo de orientação sobre a doença e a farmacoterapia. Vários fatores devem ser avaliados no cenário atual aonde a polifarmácia se torna cada vez mais comum e os cuidados farmacêuticos mais necessários. É notável a importância desse profissional na atenção básica, o relato a seguir demonstra a cooperação entre o atendimento médico e farmacêutico clínico na resolução de problemas envolvendo a terapêutica empregada a uma paciente com problemas de adesão e resposta farmacológica.

 

Palavras-chave: Farmácia Clínica. Farmacoterapia. Interações medicamentosas. Psicotrópicos.


Texto completo:

PDF


ISSN: 2317-9791

--------------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro

CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200
Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.