A PRIMAVERA ÁRABE SOB O ENFOQUE DO DIREITO INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS

Jociane Machiavelli Oufella, Pricila Carla da Silva Ely

Resumo


Resumo: A Primavera Árabe constitui uma expressão designada para nominar os protestos ocorridos no mundo árabe no período de 2010 a 2012, marcados por manifestações civis, passeatas e uso de redes sociais com a finalidade de sensibilizar a comunidade internacional acerca da repressão de direitos enfrentados pelo mundo Árabe. Essa manifestação que iniciou na Tunísia e se expandiu para os demais países árabes foi motivada pela situação precária da população que padecia de falta de emprego, injustiça política e social, desrespeito às liberdades fundamentais, falta de infraestrutura e governos ditatoriais que não correspondiam à evolução social e à necessidade da população atualmente. Nesse contexto, a disciplina do direito internacional dos direitos humanos fundamenta as inquietações da população árabe e solidifica os argumentos dessas pessoas no sentido de buscar a proteção mínima inerente a sua pessoa. Assim, esse estudo apresenta singelamente uma visão crítica da primavera árabe fundamentada no direito internacional dos direitos humanos.

Palavras-chave


Direitos Humanos. Primavera Árabe. Direito Internacional.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)


DOI: http://dx.doi.org/10.33362/juridico.v2i2.216

ISSN 2316-4042

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro

CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200 E-mail: uniarp@uniarp.edu.br
Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.