PROFESSORES NA LUTA DE CLASSES: RELEMBRANDO LUKÁCS

Flamissiano Izidio Batista

Resumo


Trata-se de um artigo que visa, através de revisão bibliográfica com cruzamento de ideias e discussão entre autores, discutir e analisar qual é a o posicionamento e a função do professorado da educação básica pública brasileira na luta de classes a partir do marxismo. Para tanto, primeiramente foram analisados estudos sobre o posicionamento do professorado enquanto classe de acordo com a teoria marxista, concluindo com seu posicionamento alinhado ao proletariado. Após isso, foi analisada a tese da proletarização docente no Brasil, entendida como o processo de transformação do professorado em classe explorada pelo capital, cada vez mais próxima do proletariado. Logo após, foi identificado e analisado o processo de sindicalização docente no Brasil, entendido como um processo importante de identificação política entre o professorado e o proletariado. Por sim, visando o cumprimento do objetivo, foram analisadas as contribuições de Georg Lukács em História e Consciência de Classe no sentido de um resgate histórico do sentido da união entre os trabalhadores e de sua consciência de classe.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.33362/professare.v7i2.1595

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 

ISSN: 2238-9172

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200