A FORMAÇÃO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM: O CURRÍCULO E SEUS DISCURSOS

Teresa Cristina Silva Kurimoto, Annette Souza Silva Martins da Costa

Resumo


RESUMO

O ensino de graduação de Enfermagem vem passando por inúmeras transformações, as quais figuram como desafios aos órgãos formadores e suas propostas de formação. Compreende-se currículo como sendo um documento de identidade o qual produz ou reproduz diferentes discursos. Buscou-se neste artigo analisar um retrato/panorama das disciplinas optativas de um curso de graduação em Enfermagem e analisar os discursos presentes nesse currículo. Trata-se de um estudo de abordagem quanti- e qualitativa, embasado na concepção foucaultiana de discurso e na concepção de currículo proposto por Silva (2004). As formações discursivas foram analisadas por meio da construção de nuvens de palavras, obtidas a partir dos conceitos principais e vizinhos encontrados nas ementas das disciplinas analisadas. Traçou-se um retrato dessas disciplinas no qual se identificaram vagas ociosas, maior oferta de vagas no período da tarde, maior ocupação das vagas oferecidas no noturno, maior interesse dos alunos por temáticas relativas a Assistência de Enfermagem e ausência de demanda discente para disciplinas voltadas ao Ensino. Foram identificadas lacunas que denotam uma reprodução de relações de poder que perpassam a formação em Enfermagem, embora se identifique, em estado embrionário, tentativas de rupturas e inovações. A prática de avaliação periódica, permanente e participativa que marca esse currículo figura como uma estratégia de enfrentamento às lacunas identificadas.

Palavras-chave: Educação em Enfermagem. Currículo. Discurso. Programa de graduação em Enfermagem.

The undergraduate training in nursing: the curriculum and its discourses

ABSTRACT

The Nursing undergraduate education has undergone several changes, which appear as challenges to forming organs and their training proposals. It is understood curriculum as an identity document that produces or reproduces different discourses. It attempted to analyze this article a scenario of elective courses to an undergraduate degree in Nursing and analyze the discourses present in this curriculum. It is a study of quantitative and qualitative approach, based on Foucault’s concept of discourse and designing curriculum proposed by Silva (2004). The discursive formations were analyzed through the construction of word clouds, obtained from the the key and neighbor concepts found in the menus of the analyzed subjects. It drew up a picture of these disciplines in which it identified unfilled vacancies, greater number of places in the afternoon, higher occupancy of the positions offered at night, the greater interest of students by themes related to nursing care and lack of student demand for oriented disciplines to education. Gaps have been identified that show a reproduction of power relations that underlie the formation of Nursing, although it identifies, in an embryonic state, attempts to disruptions and innovations. The practice of regular, permanent and participatory evaluation that marks this curriculum figure as a coping strategy with identified gaps.

Keywords: Undergraduate nursing training. Curriculum. Discourse. Nursing program.


Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.33362/professare.v5i1.803

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 

ISSN: 2238-9172

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200