A ATUAÇÃO DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR (SAD)

Ana Lucia Hilzendeger, Raquel Zanchin, Elisete Rossato Rick, José Otávio Feltrin, Maria Tereza Soratto

Resumo


The Performance of the Service Team Multiprofessional Homecare

Resumo: Este estudo teve como objetivo conhecer a atuação da equipe multiprofissional no Serviço de Atendimento Domiciliar – SAD do município de Araranguá. Trata-se de uma pesquisa qualitativa; descritiva-exploratória e de campo. Utilizou-se como instrumento de coleta de dados a entrevista semi-estruturada, realizada com a seis profissionais da equipe multiprofissional do SAD do município de Araranguá-SC. A atenção domiciliar e a equipe multiprofissional estão presentes na vida das famílias da comunidade que necessitam do cuidado domiciliar.  A partir dos resultados da pesquisa constatou-se que a equipe multiprofissional que atua no SAD trabalha de forma integrada e com apoio da Secretaria da Saúde, porém encontram dificuldade com relação a transporte e com os familiares cuidadores.

Palavra-chave: Serviços de Assistência Domiciliar. Equipe Interdisciplinar de Saúde. Saúde da Família. Enfermagem.

 

Abstract: This study aimed to understand the role of the multidisciplinary team at the Department of Home Care - SAD municipality of Araranguá. This is a qualitative research, descriptive and exploratory and field. Was used as an instrument of data collection through semi-structured interviews carried out with six professional multidisciplinary team of SAD in the municipality of Araranguá-SC. Home care and multidisciplinary team are present in the lives of families in the community who need home care. From the results of the research it was found that the multidisciplinary team working in DPS works seamlessly and with support from the board of health, but have difficulty with respect to transportation and family caregivers.

Keywords: Home Care Services. Patient Care Team. Family Health. Nursing.


Palavras-chave


Serviços de Assistência Domiciliar, Equipe Interdisciplinar de Saúde , Saúde da Família, Enfermagem

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.029, de 24 de agosto de 2011. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt2029_24_08_2011.html. Acesso em: 29 Junho 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Caderno de atenção domiciliar. Brasília: MS, Vol. 1, 2012a.

BRASIL. Ministério da Saúde. DAB, Departamento de Atenção Básica. Melhor em Casa, 2012b. Disponível em: http://dab.saude.gov.br/portaldab/ape_melhor_em_casa.php Acesso em: 02 Julho 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Coordenação-Geral de Atenção Domiciliar. Manual de Monitoramento e Avaliação da Atenção Domiciliar/Melhor em Casa, 2012c.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 963, de 27 de maio de 2013. Redefine a Atenção Domiciliar no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), 2013a. Disponível em Acesso em 22 de julho de 2013.

BRASIL. Coordenação-geral de atenção domiciliar. Departamento de atenção básica/DAB. Melhor em Casa a Segurança do Hospital no Conforto do seu Lar: Passo-a-passo para Implantação das Equipes de Atenção Domiciliar, 2013b. . Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/geral/PASSO_A_PASSO_MELHOR_EM_CASA.pdf. Acesso em: 19 Out 2013.

BRASIL. Manual instrutivo: Melhor em Casa A Segurança do Hospital no Conforto do seu Lar. Brasília: MS, 2013c. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/documentos/manual_instrucao_melhor_casa.pdf. Acesso em: 14 Out 2013

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Caderno de atenção domiciliar. Brasília: MS, Vol. 2, 2013d.

BRASIL. Rede SUS. Equipe do SAD atende Pacientes em Casa. Brasília: MS, n 26, 2006. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/web_redesus.pdf. Acesso em: 19 out 2013.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Disponível em Acesso 13 de setembro de 2013.

COELHO, I. B. Formas de pensar e organizar o sistema de saúde: de novo a questão dos modelos. In: CAMPOS, G.W. S.; GUERRERO, A. V. P. (Org.). Manual de práticas em atenção básica: saúde ampliada e compartilhada. São Paulo: Hucitec, 2010.

FERREIRA, Ricardo Corrêa; VARGA, Cássia Regina Rodrigues; SILVA, Roseli Ferreira da. Trabalho em equipe multiprofissional: a perspectiva dos residentes médicos em saúde da família. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 14, supl. 1, Out. 2009 . Disponível em . acesso em 29 Jan. 2014. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232009000800015.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2009. 108 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.33362/ries.v3i2.224

Direitos autorais 2015 Revista Interdisciplinar de Estudos em Saúde

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2238-832X

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)
Rua Victor Baptista Adami, 800 - Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200
E-mail: uniarp@uniarp.edu.br

Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.