A TRAJETÓRIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATÉ SE EFETIVAR COMO POLITICA SOCIAL PÚBLICA

Marilene Boscari, Fátima Noely da Silva

Resumo


RESUMO: Este artigo responde a indagações que perpassam os meios acadêmicos sobre a Política de Assistência Social e surge no contexto de discussão teórico-crítica da disciplina que estuda a temática. Pretende apresentar, de modo sucinto, um quadro de análise do processo de afirmação da assistência social como política social, a partir do disposto na Constituição Federal de 1988 - CF/88, na Lei Orgânica da Assistência Social de 1993 – LOAS/93 e na Norma Operacional Básica 2005 - NOB/SUAS/2005. Busca compreender os elementos centrais que contribuíram para que a politica de assistência social alcançasse o status de política social, de direito do cidadão e dever do Estado e os movimentos de mudanças, tensões e propostas decorrentes. Esta efetivação acontece desde a década de 1993 até os dias atuais com a ocorrência de ajustes, principalmente nos territórios onde acreditamos ser a porta de entrada da política pública de Assistência Social.

Palavras-chave: Assistência Social. Política Social. Sistema Único de Assistência Social.

 

ABSTRACT: This paper aims to give answers that go beyond the university limits regarding Social Assistance policy, on the context of a critical and theoretical discussion. It aims to present, on a brief way, an analysis chart of the process of affirmation of social assistance and social policy, starting a statement on the Federal Constitution from 1998 – CF/88, and on the organic law of social assistance from 1993 – LOAS/93 and on the Basic Operational Rule 2005 – NOA/SUAS/2005. It also tries to understand the main elements that contributed for the social assistance to reach the status of social politics, as a right the citizen has, and as an obligation of the government, as well as elements that caused this changes, problems and proposals. This has happened on the current days with some adjustments, especially on the territories where we believe that social assistance, as public politics are more probable to happen.

Keywords: Social Assistance. Social Politics. Unique System of Social Assistance.


Palavras-chave


Assistência Social; Política Social; Sistema Único de Assistência Social

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


ABRUCIO, FERNANDO LUIZ, Soares, Marcia Miranda. Redes federativas no Brasil: cooperação intermunicipal no grande abc. São Paulo, Fundação Konrad Adenauer, Séries Pesquisas nº 24, 2001.

ARRETCHE, Marta. Estado federativo e políticas sociais: determinantes da

descentralização. Rio de Janeiro: Revan; São Paulo: FAPESP, 2000.

Atlas do Desenvolvimento do Brasil, 2000.

BEHRING, Elaine Rossetti. Principais abordagens teóricas da política social e da cidadania. In: Capacitação em serviço social e políticas sociais: Módulo 3: Política Social. Brasília: CEAD, 2000.

BOBBIO, N. Liberalismo e democracia. São Paulo: Brasiliense, 1988.

BOSCHETTI, Ivanete. Assistência social no Brasil: um direito entre originalidade e conservadorismo. 2. ed. Brasília: 2003.

BOSCHETTI, Ivanete. As políticas brasileiras de seguridade social – assistência social. In: Capacitação em Serviço Social e Política Social. Módulo 3: Políticas Sociais. Brasília: CEAD, 2000.

BRASIL, Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Norma Operacional Básica – NOB – Brasília, dezembro. 1997.

BRASIL. Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993. Lei

Orgânica da Assistência Social LOAS. 5. ed. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate á Fome – MDS, 2004.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Política Nacional de Assistência social. Brasília-DF. 2004.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Norma Operacional Básica – NOB/SUAS – Brasília, junho. 2005.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Norma Operacional Básica de Recursos Humanos do SUAS - NOB-RH/SUAS. Brasília: MDS, 2006.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome: Manual Informativo - Cartilha SUAS- Sistema Único de Assistência Social. Brasília: MDS, 2007.

CARVALHO, Maria do Carmo Brant de. Assistência social: uma política pública convocada e moldada para constituir-se em “Governo paralelo da pobreza,” in: Revista Serviço Social e Sociedade, nº 46. São Paulo, Cortez, 1989.

CARVALHO, Maria do Carmo Brant de. Assistência Social: reflexões sobre a política e sua regulação. In Revista Serviço Social e Sociedade, nº 87. São Paulo, Cortez, 2006.

COLIN, D. R. A.; FOWLER, M. B. LOAS – Lei Orgânica da Assistência Social anotada. São Paulo, Veras Editora, 1999.

COSTA, Sueli Gomes. Assistência social e relações sociais: aproximação de divergências na produção do serviço social. In Cadernos do Núcleos de Seguridade e Assistência Social da PUC/SP. São Paulo, PUC/SP, 1995.

FALCÃO, Maria do Carmo. A Seguridade na travessia do Estado assistencial brasileiro. In: SPOSATI, Aldaíza; FALCÃO, Maria do Carmo; FLEURY, Sonia Maria Teixeira. Os Direitos (dos desassistidos) sociais. São Paulo: Cortez, 1989: 110-126.

FALEIROS, Vicente de Paula. O que é a política social. São Paulo, Brasiliense AS, 1986.

FALEIROS, Vicente de Paula. Natureza e desenvolvimento das políticas sociais no Brasil. In: Capacitação em serviço social e política social, módulo 3. Brasília: UnB, Centro de Educação aberta, Continuada a Distância, 2000.

FRANCA, L. P. et al. Guia do CONSAD: consórcios de segurança alimentar

e desenvolvimento local. Rio de Janeiro: IBAM/DES/NEL, 2003 (b).

IAMAMOTTO, Marilda V. O serviço social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. São Paulo: Cortez, 1998.

IAMAMOTTO, Marilda V. Carvalho, Raul de. Relações sociais e serviço social no Brasil: esboço de uma interpretação histórico-metodológica. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1983.

JOVCHELOVITCH, Marlova. O processo de descentralização e municipalização no Brasil. In: Revista Serviço Social e Sociedade. Ano XIX, nº 56. São Paulo: Cortez, 1998.

KOGA. Dirce. Cidades entre territórios de vida e territórios vividos. Revista Serviço Social e Sociedade 72. São Paulo: Cortez, 2002.

KOGA. Dirce. Medidas de cidades – entre territórios de vida e territórios vividos. São Paulo: Cortez, 2003.

LOPES. Márcia Helena Carvalho. O tempo do SUAS. In: Revista Serviço Social e Sociedade, nº 87, São Paulo: Cortez, 2006.

MARTINELLI, Maria Lúcia et.al. O uno e o múltiplo na relação entre as áreas do saber. São Paulo: Cortez, 1998.

MARTINELLI, Maria Lúcia. O serviço social na transição para o próximo milênio: desafios e perspectivas. In: Revista Serviço Social e Sociedade. São Paulo: Cortez, 1998, p.133-148.

MARTINS, V. de B.; PAIVA, B. A. A implantação da Lei Orgânica da Assistência Social: uma nova agenda para a cidadania no governo Lula. In Revista Serviço Social e Sociedade nº 73, São Paulo, Cortez, 2003.

MESTRINER, Maria Luiza. O estado entre a filantropia e a assistência social. São Paulo: Cortez, 2005.

OLIVEIRA, Valéria Rezende. Política de assistência no Brasil. In: Revista Social e Sociedade, n.º 31. mensal, dez. 1989, São Paulo, Cortez.

PEREIRA, Potyara A. P. A política social no contexto da seguridade social e do welfare state: a particularidade da assistência social. In: Revista Serviço Social e Sociedade, n.º 56. São Paulo, Cortez, 1998.

PEREIRA, Potyara A. P. A Metamorfose da Questão Social e a Reestruturação das Políticas Sociais. In: Capacitação em serviço social e política social: Módulo 1: Crise Contemporânea, Questão Social e Serviço Social. Brasília: CEAD, 1999.

POCHMANN, Marcio, Ricardo (org). Atlas da exclusão social no Brasil. São Paulo: Cortez, 2003.

RAICHELLIS, Raquel. Esfera pública e conselhos de assistência social caminhos da construção democrática. São Paulo: Cortez, 1988.

SILVA, Antonio Luiz de Paula e. Utilizando o planejamento como ferramenta de aprendizagem. São Paulo: Editora Global, 2004.

SOUZA, Maria de Fátima. Implementação municipal do SUAS – Sistema Único de Assistência Social: Balanço das Condições de Gestão da Assistência Social em Municípios do Vale do Paraíba – São Paulo. Dissertação de Mestrado, São Paulo, 2006.

SPOSATI, Aldaiza. et alli. Assistência na trajetória das políticas sociais brasileiras: uma questão de análise. São Paulo: Cortez, 1986.

SPOSATI, Aldaiza. Vida urbana e gestão da pobreza. São Paulo: Cortez, 1988.

SPOSATI, Aldaiza. (coord) Cidadania ou filantropia: um dilema para o CNAS.

São Paulo: Núcleo de Seguridade e Assistência Social da PUCSP, 1994.

SPOSATI, Aldaiza. Mínimos Sociais e seguridade social: uma revolução da consciência da cidadania. Revista Serviço Social & Sociedade, São Paulo, Cortez, ano XVIII, nº 55, mensal, nov.1997.

SPOSATI, Aldaiza. Contribuição para a construção do Sistema Único de Assistência Social – SUAS. Revista Serviço Social & Sociedade. São Paulo, Cortez, ano XXV, nº78, mensal, jul. 2004.

SPOSATI, Aldaiza. (coord.). Fotografia da assistência social no Brasil na perspectiva do SUAS. CNAS. Brasília, dez. 2005.

SPOSATI, Aldaiza. O Serviço Social na transição para o próximo milênio: desafios e perspectivas. In: Revista Serviço Social e Sociedade. São Paulo, Cortez, 1998, p.133 – 148.

SPOSATI, Aldaiza. A menina LOAS: um processo de construção da assistência social. São Paulo: Cortez, 2005.

SPOSATI, Aldaiza. Especificidade e intersetorialidade da política de

assistência social. Revista Serviço Social e Sociedade, São Paulo, Cortez, n° 77, mensal, mar.2004, p. 30-53.

TORRES, Iraildes Caldas. As primeiras-damas e a assistência social: relação de gênero e poder. São Paulo: Cortez, 2002.

WANDERLEY, M.B.; BÓGUS, L. M. M.; YAZBEK, M. C. Desigualdade e questão social. São Paulo: Educ, 2004.

VIEIRA, A. Evaldo. As políticas sociais e os direitos sociais no Brasil: avanços e retrocessos. In: Revista Serviço Social e Sociedade, n.º 53. São Paulo, Cortez, 1997.

VIEIRA, A. Evaldo. Democracia e política social. São Paulo: Cortez, 1992.

YASBEK, Maria Carmelita. Classes subalternas e assistência social. São Paulo: Cortez, 1993.

YASBEK, Maria Carmelita. Pobreza e exclusão: expressões da questão social no Brasil. In: Temporalis, Revista da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social – ABEPSS. Rio Janeiro: ano II, nº 03, 2001.

YASBEK, Maria Carmelita. As ambigüidades da assistência social brasileira após 10 anos de LOAS. In: Revista Serviço Social e Sociedade, São Paulo, ano 25, n. 77, 2004, p.11-29.

YASBEK, Maria Carmelita; SILVA E SILVA, Maria Ozanira da; RAICHELIS, Raquel; COUTO, Berenice Rojas. O Sistema Único de Assistência Social no Brasil.




DOI: http://dx.doi.org/10.33362/ries.v4i1.341

Direitos autorais 2015 Revista Interdisciplinar de Estudos em Saúde

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2238-832X

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)
Rua Victor Baptista Adami, 800 - Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200
E-mail: uniarp@uniarp.edu.br

Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.