ISOSTRETCHING: ANÁLISE DA TÉCNICA NA MELHORA DA FLEXIBILIDADE DOS MÚSCULOS ISQUIOSTIBIAIS

Ana Karine dos Santos, Camila Perazzoli, Francieli Aparecida Alves Balestrin, Silvia Saori Shirayama Danese, Thais Pettrovich Matachon, Daniela dos Santos

Resumo


Isostretching: Technical Analysis of Improvement in the Flexibility of Muscles Hamstring

Resumo: Introdução: O isostretching é um método criado na França por Bernard Redondo que apresenta princípios corretivos da ginástica postural, proporciona consciência do movimento, equilíbrio entre tensão e relaxamento, capacidade de contração e alongamento. Objetivo: Verificar o efeito da técnica do isostretching no ganho da flexibilidade dos músculos isquiostibiais e sua influência na mobilidade lombar. Metodologia: Caracteriza-se como uma pesquisa experimental, descritiva de natureza quali- quantitativa aplicada em duas participantes. Foram realizadas dez sessões de isostretching no total, com três sessões semanais de quarenta minutos de duração, onde foram aplicados 5 exercícios de isostretching que alongavam os isquiostibiais. Resultados: Em relação à flexibilidade dos isquiostibiais, obteve-se uma ganho de 17,5 cm, pois pré  tratamento à flexibilidade era de -18 ± 1,0 cm distante do chão, e pós tratamento  ficou a apenas -0,5 ± 1,5 cm distante do chão  mostrando que houve uma diferença significativa em relação à melhora da flexibilidade dos isquiostibiais do período pré para o período pós (p<0.0001). Já a respeito da mobilidade lombar pré tratamento, as participantes apresentavam uma mobilidade de 15,7 ± 1,7 cm , sendo essa considerada normal e pós tratamento  aumentaram a mobilidade para  16,25 ± 1,25, mostrando que houve uma diferença  em relação à melhora da mobilidade lombar do período pré para o período pós, mas não apresentando significância estatística em relação ao “p” (p<0.0001). Conclusão: Pode-se concluir, através dos dados citados, que a técnica de isostretching  melhorou a flexibilidade dos músculos isquiostibiais , mas que não teve muita interferência na mobilidade lombar. Sendo assim, o isostretching pode ser indicado como um programa efetivo para o desenvolvimento da flexibilidade corporal, mas há necessidade de mais estudos sobre o tema para que o método seja mais difundido e utilizado como forma de tratamento pelos fisioterapeutas.

Palavras-chave: Isostretching. Encurtamento dos isquiostibiais. Flexibilidade.

 

Abstract: Introduction: Isostretching is a method created in France by Bernard Redondo presenting principles of corrective postural exercise, provides awareness of movement, balance between tension and relaxation, stretching and contraction capacity. Objective: Check the effect of the technique isostretching gain the flexibility of hamstring muscles and its influence on lumbar mobility. Methodology: Characterized as an experimental, descriptive nature of qualitative and quantitative applied in two participants. Were held ten sessions of isostretching in total, with three sessions weekly forty minutes in length, which were applied 5 isostretching exercises that lengthen the hamstrings. Results: In regard to flexibility hamstring obtained a gain of 17.5 cm, since flexibility pretreatment was -18 ± 1.0 cm from the floor and post-treatment was only -0.5 ± 1.5 cm from the ground showing that there was a significant difference in the improvement of hamstring flexibility from pre to post (p <0.0001). Already about lumbar mobility pretreatment participants showed a mobility of 15.7 ± 1.7 cm, which is considered normal and post-treatment increased mobility to 16.25 ± 1.25, showing that there was a difference in the lumbar mobility improves from pre to post, but no statistically significant difference in relation to the "p" (p <0.0001). Conclusion: We can conclude from the data cited that the technique isostretching improved the flexibility of the hamstring muscles, but did not have a lot of interference in the lumbar mobility. Thus, the isostretching may be indicated as an effective program for the development of body flexibility, but there is a need for further studies on the subject to which the method is most widespread and used as treatment by physiotherapists.

Keywords: Isostretching. Shortening of the hamstrings. Flexibility.

 


Palavras-chave


Isostretching. Encurtamento dos isquiostibiais. Flexibilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


BADARO, Ana Fátima Viero; SILVA, Aline Huber; BECHE, Daniele. Flexibilidade Versus Alongamento: Esclarecendo as Diferenças. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2012.

BIENFAIT, M. Os desequilíbrios estáticos. São Paulo: Summus, 1993.

BONORINO, Kelly Cattelan; BORIN, Graciele da Silva; SILVA, Aline Huber. Tratamento para escoliose através do método Iso-Stretching e uso de bola Suíça. Disponível em: . Acesso em: 09 jun. 2012.

CARVALHO, A. R.; ASSINI, T. C. K. A. Aprimoramento da capacidade funcional de idosos submetidos a uma intervenção por isostretching. Rev Bras Fisioter, São Carlos, v. 12, n. 4, p. 268-73, jul./ago. 2008. Disponível em: . Acesso em: 09 jun. 2012.

FACHIN, Odília. Fundamentos de metodologia. São Paulo: 3. ed. Saraiva, 2001.

KISNER, C., COLBY, L. A. Exercícios terapêuticos: fundamentos e técnicas. 3.ed.São Paulo: Manole, 1998, p. 141-177.

LIMA, Monique Fátima de Carvalho. Avaliação e comparação da elasticidade do tronco com aplicação do teste de schober em indivíduos desempregados sedentários e trabalhadores sedentários e ativos. Nova Fisio Revista Digital. Rio de Janeiro, Ano 15, nº 87, jul./ago. 2012. Disponível em: :http://www.novafisio.com.br. Acesso em: 04 dez. 2012.

LIPPERT, L. Cinesiologia clínica para fisioterapeutas. 2. ed. Rio de Janeiro: Revinter,1996, p. 29-44.

MACHADO, Ana Claudia. A prática do método isostretching na redução da dor e melhora da qualidade de vida em pacientes com escoliose toracolombar. 2009. f. 37-38. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) – curso de graduação em Fisioterapia. UNIARP, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe, Caçador.

MINAYO, M.C.S. O Conceito de Metodologia de Pesquisa. In:______. (org). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 15 ed. Petrópolis: Vozes:2000.

PINFILDI, C. E., PRADO, R.P., LIEBANO, R.E. Efeito do alongamento estático apósdiatermia de ondas curtas versus alongamento estático nos músculos isquiotibiais emmulheres sedentárias. Fisioterapia Brasil, Rio de Janeiro: v.5, n.2, p. 119-124, mar./abr. 2004.

PORTAL SAÚDE BRASIL. O Iso- Stretching e a Flexibilidade: Um Estudo De Caso. Disponível em:. Acesso em: 09 jun. 2012.

REDONDO, Bernard. Isostretching: a ginástica da coluna. Piracicaba: Skin Direct Store, 2001.

___________. Iso-Stretching. Apostila do curso. Águas de São Pedro, SP, abr. 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.33362/ries.v2i1.39

Direitos autorais 2015 Revista Interdisciplinar de Estudos em Saúde

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2238-832X

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)
Rua Victor Baptista Adami, 800 - Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200
E-mail: uniarp@uniarp.edu.br

Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.