MEDIAÇÃO INFORMATIVA E MEDIAÇÃO COMUNITÁRIA: PARTICIPAÇÃO POPULAR NO PLANEJAMENTO URBANO DE BLUMENAU

Autores

  • Carla Cintia Back Universidade do Alto Vale do Rio do Peixe - Uniarp, Caçador, SC
  • Feliciano Alcides Dias
  • Alejandro Knaesel Arrabal
  • Marilda Angioni
  • Anamaria Teles
  • Luiz Guilherme Karpen

Resumo

Este trabalho descreve as experiências interdisciplinares dos professores extensionistas e discentes dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Direito, Jornalismo e Serviço Social da Universidade Regional de Blumenau – FURB, ao empregar a mediação de conflitos comunitários no contexto do projeto de extensão “Cidades para Pessoas”. As ações aqui relatadas, de cariz extensionista, tiveram como foco propiciar aos cidadãos repertório informacional sobre seus direitos na cidade, a fim de qualificá-los a efetiva participação no planejamento urbano do município de Blumenau. Produto de revisão bibliográfica e pesquisa-ação, o artigo foi estruturado em duas partes. A primeira contém o referencial teórico norteador das ações promovidas no âmbito do projeto, a respeito da mediação como forma cooperativa de solução dos conflitos. Entre outros aspectos, o texto informa a legislação relativa à matéria, bem como descreve o papel e o alcance da mediação informativa e da mediação comunitária. Na segunda parte apresenta as ações promovidas no âmbito do projeto e seus respectivos resultados.  

Biografia do Autor

Carla Cintia Back, Universidade do Alto Vale do Rio do Peixe - Uniarp, Caçador, SC

Mestre em Ciência Jurídica

Licenciado em História

Bacharel em Direito

Downloads

Publicado

2019-12-20

Edição

Seção

Artigos