ESCOLA E CONSELHO TUTELAR: UMA PARCERIA POSSÍVEL?

Autores

  • Greice Kely Rech Werner UNIFEBE
  • Camila da Cunha Nunes UNIFEBE

Resumo

Objetiva-se verificar como ocorre e em que momentos é estabelecida a relação entre o Conselho Tutelar de uma cidade do Médio Vale do Itajaí (SC) com as escolas municipais, a partir da percepção dos coordenadores pedagógicos. Realizou-se uma pesquisa aplicada qualitativa, de caráter descritivo, considerando as subjetividades de gestores da rede de ensino do município. Entrevistaram-se 5 coordenadores pedagógicos. Percebeu-se que existe um distanciamento entre o Conselho Tutelar e a Escola. Para os gestores entrevistados, fica clara a falta de conhecimento das atribuições do órgão estudado. De modo geral, é possível identificar que a atuação do Conselho Tutelar está pautada em situações emergenciais, de maneira que não há uma relação sistematizada e harmoniosa, carente de diálogo entre os membros da Escola e do Conselho Tutelar, para que juntos somem forças em busca da garantia dos direitos da criança e do adolescente.

Biografia do Autor

Greice Kely Rech Werner, UNIFEBE

Acadêmica do curso de Pós-Graduação da UNIFEE.

Downloads

Publicado

2020-02-06

Edição

Seção

Artigos