APLICABILIDADE DE UM PROJETO CRIATIVO ECOFORMADOR EM UMA ESCOLA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO NO MUNICÍPIO DE TIMBÓ GRANDE-SC

APPLICABILITY OF A CREATIVE ECOFORMING PROJECT IN A SCHOOL OF THE MUNICIPAL NETWORK OF EDUCATION IN THE CITY OF TIMBÓ GRANDE-SC

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/ext.v8i1.2448

Palavras-chave:

Transdisciplinaridade. Ecoformação. Projetos Criativos Ecoformadores. Práticas Pedagógicas.

Resumo

O presente artigo apresenta um estudo sobre as contribuições da proposta metodológica do Projeto Criativo Ecoformador (PCE) no processo de ensino e de aprendizagem transdisciplinar como possibilidade transformadora. Nessa direção, mobilizou-se a seguinte pergunta de pesquisa: quais as contribuições do PCE como proposta metodológica no processo de ensino e aprendizagem transdisciplinar para o 7º ano a partir do tema sustentabilidade? O contexto da pesquisa decorreu em uma turma do 7º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública da Rede Municipal de Ensino de Timbó Grande/SC. Para alcançar o objetivo geral, investigaram-se as contribuições da metodologia do PCE para o desenvolvimento de processos de ensino e de aprendizagem transdisciplinares no 7º ano do Ensino Fundamental. Quanto à pesquisa, em relação à natureza, classifica-se como qualitativa e, quanto ao procedimento, pesquisa-ação apoiada pela bibliográfica. Entre os autores utilizados, destacam-se Morin (2000, 2002), Galvani (2020), Mallart (2008), Torre (2008), Torre e Zwierewicz (2009), Moraes (2010), Silva e Torre (2015). Para análise de dados, utilizaram-se, como base, os organizadores conceituais do PCE. Os resultados da pesquisa apontam que as contribuições da proposta metodológica do PCE denotam comprometimento com uma educação criativa, inovadora e transdisciplinar. Como conclusão, evidenciou-se que a metodologia de PCE favorece um processo de ensino e de aprendizagem transdisciplinar transformador e condizente às necessidades da realidade local articuladas com as necessidades globais. Além disso, o estudo possibilitou uma autoavaliação da prática docente, com novos entendimentos sobre o processo de ensino.

Palavras-chave: Transdisciplinaridade. Ecoformação. Projetos Criativos Ecoformadores. Práticas Pedagógicas.

ABSTRACT: This paper provides a piece of investigation on contributions from the methodologic proposal called Ecoformation Creative Project (PCE) in the process of transdisciplinary teaching and learning as a way of changing. In this sense, we have conducted the following question for the investigation: which contributions has PCE given as a method in the process of transdisciplinary teaching and learning for 7th-grade children with the subject of sustainability? The context of the investigation happened in a7th-grade class in a primary school at the public network of education of Timbó Grande/SC. Concerning its nature, the investigation is classified as qualitative, and concerning its procedure it is a book-based action-research. We have drawn on Morin (2000, 2002), Galvani (2020), Mallart (2008), Torre (2008), Torre & Zwierewicz (2009), Moraes (2010), Silva & Torre (2015). To analyse data we used conceptual organisers of PCE. Research results have shown that PCE’s contributions mean compromise with creative, innovating and transdisciplinary education. As a conclusion, we have shown that PCE methodology favours a process of teaching and learning that is transdisciplinary, challenging, and consistent with needs of local reality articulated with global needs. Moreover, the investigation enabled the teaching practice self-assessment with novel understanding of the teaching process.

Keywords: Transdisciplinarity. Ecoformation. Ecoforming creative projects. Teaching practices.

Referências

BOCCATO, V. R. C. Metodologia da pesquisa bibliográfica na área odontológica e o artigo científico como forma de comunicação. Rev. Odontol. Univ. Cidade São Paulo, São Paulo, v. 18, n. 3, p. 265-274, 2006.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-cheia: repensar a reforma, reformar o pensamento. Tradução de Eloá Jacobina. 16. Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009.

MORIN, Edgar. Ensinar a viver: manifesto para mudar a educação. Tradução de Edgard de Assis Carvalho e Mariza Perassi Bosco. Porto Alegre: Sulina, 2015.

MORIN, E. Introdução ao pensamento complexo. Lisboa: Instituto Piaget, 2001.

MORAES, Maria, Cândida. Além da aprendizagem: um paradigma para a vida. In: MORAES, M. C.; TORRE, S. (Org.). Sentipensar: fundamentos e estratégias para reencantar a educação. Petrópolis: Vozes, 2004. P. 19-25.

NICOLESCU, Bassarab. O manifesto da transdisciplinaridade. 2. ed. São Paulo: Triom, 1999. Nicolescu 1997.

NICOLESCU, Bassarab. Transdisciplinariedad: pasado, presente y futuro. In: MARTINEZ, A. C.; GALVANI, P. (Org.). Transdisciplinariedad y formación universitária: eorías y prácticas emergentes. Puerto Vallarta: CEUArkos, 2014. P. 45-90.

PÁDUA, Elisabete Matallo Marchesini de. Metodologia da pesquisa: Abordagem teórico-prática. 10 ed. Campinas, SP, 2004.

PETRAGLIA, Izabel. Edgar Morin: a educação e a complexidade do ser e do saber. 13. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do trabalho científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2013. 2 v. Tese (Doutorado) - Curso de Pedagogia, Associação Pró-ensino Superior em Novo Hamburgo - Aspeur Universidade Feevale, Novo Hamburgo, 2013.

SILVA, A. T. R. Ecoformação: reflexões para uma pedagogia ambiental, a partir de Rousseau, Morin e Pineau. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, UFPR, n. 18, p. 95-104, jul./dez. 2008.

SUANNO,J.H. Ecoformação, transdisciplinaridade e criatividade: a escola e a formação do cidadão do século XXI. In: MORAES,M.C.; SUANNO,J.H.(org.)O pensar complexo na educação: sustentabilidade, transdisciplinaridade e criatividade. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2014.

TORRE, Saturnino de la; MORAES, Maria Cândida & PUJOL, María Antónia. Transdisciplinaridade e ecoformação: um novo olhar sobre a educação. São Paulo: Triom, 2008.

TORRE, S. Movimento de Escolas Criativas: fazendo parte da história de formação e transformação. In: ZWIEREWICZ, Marlene (Org). Criatividade e inovação no Ensino Superior: experiências latino-americanas e europeias em foco. Blumenau: Nova Letra, 2013. P. 139-163.

TORRE, S. Movimento de Escolas Criativas: fazendo parte da história de formação e transformação. In: ZWIEREWICZ, M. (Org.). Criatividade e inovação no Ensino Superior: experiências latino-americanas e europeias em foco. Blumenau: Nova Letra, 2013. P. 139-163.

TORRE, S.; ZWIEREWICZ, M. Projetos Criativos Ecoformadores. In: ZWIEREWICZ, M.; TORRE, S. (Org.). Uma escola para o século XXI: escolas criativas e resiliência na educação. Florianópolis: Insular, 2009. P. 153-176.

TRIPP, D. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, set/dez 2005, p. 443-466. Disponível em: < http://www. scielo.br/sci-elo.php?pid=S1517-97022005000300009&script=sci_arttext>. Acesso em: 01 de jun. 2019.

ZWIEREWICZ, Marlene. Apresentação. Criatividade e inovação no Ensino Superior: experiências latino-americanas em foco. In: Zwierewicz, Marlene (Org.) pp. 9-16. Blumenau: Nova Letra, 2013.

ZWIEREWICZ, M. Programa de Formação-Ação em Escolas Criativas: matizes da pedagogia ecossistêmica na formação de docentes da Educação Básica. In: DITTRICH, M. G. et al. (Org.). Políticas Públicas na contemporaneidade: olhares cartográficos temáticos. Itajaí: Univali, 2017. p. 217-231.

Downloads

Publicado

2020-12-22

Edição

Seção

Artigos