[1]
I. L. Silva, “DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E A RESERVA DO POSSÍVEL NAS AÇÕES DE MEDICAMENTOS: DIGNITY OF THE HUMAN PERSON AND THE RESERVE OF POSSIBLE: IN DRUG LAWSUITS”, JURIDICO, vol. 10, nº 01, p. 24-33, set. 2021.