[1]
J. M. Baldissarelli, A. Henke, L. Hulse, e L. Passarin, “PRESENÇA DE ACADÊMICAS EM CURSOS PREDOMINANTEMENTE MASCULINOS EM UMA UNIVERSIDADE CATARINENSE”, VISÃO, vol. 9, nº 1, p. 150-159, jul. 2020.