GESTÃO DE CARREIRA: UM ESTUDO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA NOS PERIÓDICOS BRASILEIROS

Tamiles Provenzi, Rosiane Oswald Flach

Resumo


O objetivo deste artigo é delinear o perfil da produção científica do tema gestão de carreira nos artigos publicados nas bases de dados Spell e Scielo, buscando compreender o perfil e tendências do campo a partir da produção científica sobre o tema. Realizou-se uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, a qual utilizou as estratégias de levantamento e de Bibliometria, por meio de uma Revisão Sistemática. A amostra contou 95 artigos. Os resultados apontam que 2014 foi o ano com maior número de publicação, destacando o papel dos autores: Joel Souza Dutra, Elza Fátima Veloso, Leonardo Nelmi Trevisan e Dione Fagundes Nunes Gomes. Há predominância de autores do gênero feminino (58,17%). A Universidade de São Paulo (USP) compõe o ‘core’ no cenário nacional, com dezesseis artigos vinculados. A Revista ReCaPe (Revista de Carreira e Pessoas) foi a que mais publicou, com onze (11) trabalhos. Os estudos qualitativos se destacaram (43,02%), sendo que as principais áreas de interesse de publicação dos autores foram: Carreiras, Gestão de Pessoas, Trabalho e Competências. Para indicações futuras, sugerem-se estudos que abordam a preparação de, retenção de talentos, valorização e crescimento profissional, âncoras de carreira, geração “Y” e estudos na gestão pública. Como considerações finais são apresentadas as principais análises, limitações e a sugestão de que o presente trabalho possui competência para ser instrumento de novos estudos.

Palavras-Chave: Gestão de Carreira. Revisão Sistemática. Produção Científica.

 

Career Management: Scientific Production Study in Brasilian Journals

Abstract: This article´s goal is to outline the scientific production profile about Career Management in articles published in Spell and Scielo databases, seeking to understand the profile and trends from the scientific production on the subject. A descriptive research with a qualitative approach was carried out, which used survey and Bibliometrics strategies, through a Systematic Review. The sample had 86 articles. The results show that 2014 had the highest number of publications, highlighting the authors: Joel Souza Dutra, Elza Fatima Veloso, Leonardo Nelmi Trevisan and Dione Fagundes Nunes Gomes. There is a predominance of female authors (58.17%). The University of São Paulo (USP) composes the core in the national scenario, with sixteen related articles. The magazine ReCaPe (Journal of Career and People) was the one that published most, with eleven (11) works. Qualitative studies stood out (43.02%), being the main areas of author´s publication interest: Careers, People Management, Work and Skills. For the future, it is suggested studies that address career preparation, talent retention, valorization and professional growth, career anchors, generation "Y" and public management studies. As final considerations are showed the main analyzes, limitations and suggestions that the present work has competence to be instrument for new studies.

Keywords: Career Management. Systematic Review. Scientific Production.


Palavras-chave


Gestão de Carreira. Revisão Sistemática. Produção Científica.

Texto completo:

PDF

Referências


BALASSIANO, Moisés; COSTA, Isabel de Sá A. da. Gestão de Carreiras: Dilemas e Perspectivas. São Paulo, Atlas, 2006.

BENDASSOLLI, P. F. Recomposição da relação sujeito-trabalho nos modelos emergentes decarreira. Revista de Administração de Empresas-RAE, vol. 49 n. 04, p. 387-400, abr/jul. 2009.

BROFMAN, Roberto Paulo. A importância das Publicações Científicas. Cogitare Enfermagem. Paraná. Jul/Set. 2012.

BUFREM, Leilah; PRATES, Yara. O saber científico registrado e as práticas de mensuração da informação. Ci. Inf., Brasília, BRASILIA, v. 34, n. 02, p. 09-25, mai./ago. 2005.

CHANLAT, Jean-François. Quais Carreiras e para qual sociedade?(I). RAE - Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 35, n. 06, p. 67-75, nov./dez. 1995.

CHANLAT, Jean-François. Quais Carreiras e para qual sociedade?(II). RAE - Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 36, n. 01, p. 13-20, jan./mar. 1996.

COSTA, W. F. et al. Uso instrumentos de coleta de dados em pesquisa qualitativa: um estudo em produções científicas de turismo. Revista Turismo - Visão e Ação - Eletrônica, Rio Grande do Norte, v. 20, n. 01, p. 1-27, jan./abr. 2018.

DUTRA, J. S. (Org.). Gestão de carreiras na empresa contemporânea. São Paulo: Atlas 2010.

DUTRA, Joel Souza. Gestão de Carreira. GV Executiva, São Paulo, v. 07, n. 01, p. 56-61, jan./dez. 2008.

FOLHA DE SÃO PAULO. Brasil aumenta produção científica, mas impacto dos trabalhos diminui. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2018.

FREITAS, Wesley Ricardo De Souza; JABBOUR, Charbel José Chiappetta. Rumo à Gestão Estratégica de Recursos Humanos? Estudo de Caso em uma Organização Pública Paulista. Revista de Ciências da Administração, São Paulo, v. 12, n. 26, p. 163-188, jan./abr. 2010.

GIL, Robledo Lima. Tipos de pesquisa. Universidade Federal de Pelotas, 2008. 13 slides, color. Disponível em: Acesso em 16 de abril 2018.

GOMES, D. F. N. et al. Entre a Âncora de Carreira e a escolha profissional- Análise das primeiras definições de carreira dos formandos de Curso de Administração em São Paulo. Revista Pensamento & Realidade, São Paulo, v. 26, n. 1, p. 1-17, 2011.

LEAL, Jannayna Souto. As praticas de Gestão de Carreiras e o Comportamento Organizacional: um estudo com trabalhadores residentes em Portugal. 2013. 105 p. Dissertação (Mestrado em gestão de potencial Humano)- Instituto Superior de Gestão, Lisboa, 2013

MIANO, Vítor Yoshihara; VIEIRA, Fernando De Oliveira. Perspectivas de Carreira dos Formandos de Administração de uma IFES. Revista Pensamento Contemporâneo, Rio de Janeiro, v. 06, n. 01, p. 72-90, jan./mar. 2012.

MIGUÉIS, A. et al. A importância das palavras-chaves dos artigos científicos da área das Ciências Farmaceuticas, depositados no Estudo Geral: estudo comparativo com os termos atribuídos na MEDLINE.. InCID: R.Cien. Inf. e Doc., Ribeirão Preto, v. 4, n. 2, p. 112-125, jul./dez. 2013.

MALVEZZI, Sigmar. Empregabilidade e carreira. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 55-72, abr./1999.

PAIXÃO, Claudiane Reis Da; SILVEIRA, Amelia. O sistema de administração da carreira profissional em uma organização brasileira: destaque no gerenciamento de pessoas. Revista de Carreira e Pessoas (ReCaPe), V.07, n. 01, p. 422-438, jan/mar 2017

PERES, Janete Lúcia Pagani. Gestão de Carreira:uma questão de Autoconhecimento. Convibra Administração, São Paulo, p. 1-18./2011.

PINHEIRO, C. M. P. et al. Hey ho let's go, Rock Gaúcho: Análise da Gestão da Banda Tequila Baby. Revista Gestão Organizacional, RGO, Rio Grande do Sul, v. 09, n. 3, p. 1-15, set./dez. 2016.

SANDRINI JÚNIOR, Osmar Santana . Aprimoramento de pessoal a partir de gestão de carreira. 2014. 1-20 p. Projeto (especialista em gestão de qualidade.)- Universidade Federal do Paraná, Curitiba-PR, 2014.

SCHUSTER, Marcelo Da Silva; DIAS, Valéria Da Veiga. Plano de Carreira nos Sistemas de Gestão Público e Privado: Uma Discussão a luz das Teorias Motivacionais. Revista de Administração Imed, Rio Grande do Sul, v. 2, n. 1, p. 1-17, jun. 2.

SILVA, A. P. D. M. D. et al. Escolha e Comprometimento de Carreira: Percepção de Profissionais das Gerações X E Y. ReCaPe, Rio Grande do Sul, v. 08, n. 01, p. 19-40, mar. 2018.

SILVA, R. C. D. et al. Âncoras e valores sob diferentes perspectivas da gestão de carreira. Revista Brasileira de Gestão de Negócios Review of Business Management, São Paulo, v. 18, n. 59, p. 145-162, jan./mar. 2016.

VASCONCELLOS, Vinicius Carvalho De; NEIVA, Elaine Rabelo. Escala de Expectativas de Carreira na Organização: Desenvolvimento e Evidências de Validade. Psico-USF, Bragança Paulista, Brasilia, v. 21, n. 02, p. 245-257, mai./ago. 2016.

VELOSO, E. F. R. et al. Gestão de carreiras e crescimento profissional. Revista Brasileira de Orientação Profissional, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 61-72, jan./jun. 2011.

VELOSO, E. F. R. et al. Momento social, valores e expectativas: como as mudanças econômicas influenciam a visão dos jovens sobre o trabalho?. Organizações em Contexto, São Bernardo do Campo- SP, v. 10, n. 19, p. 279-305, jan./jun. 2014.

VELOSO, Elza Fátima; DUTRA, Joel Souza. Carreiras sem fronteiras na gestão pessoal da transição profissional: um estudo com ex-funcionários de uma Instituição com características de empresa pública. 2009. 523 p. Tese (Doutorado em Administração)- Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2009.

VELOSO, Elza Fátima Rosa; DUTRA, Joel Souza. Carreiras sem Fronteiras na Gestão Pessoal da Transição Profissional: um Estudo com Ex-Funcionários de uma Instituição Privatizada. Revista de Administração Contemporânea, RAC, Curitiba, v. 15, n. 5, p. 834-854, set./out. 2011.




DOI: https://doi.org/10.33362/visao.v7i2.1839

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 

ISSN: 2238-9636

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200 E-mail: uniarp@uniarp.edu.br