TOKE! INTERLIGANDO PESSOAS: UM PROJETO CRIATIVO ECOFORMADOR PARA A INSERÇÃO DE SMARTPHONES NO ENSINO

TOKE! CONNECTING PEOPLE: AN ECOFORMER CREATIVE PROJECT TO THE INSERTION OF SMARTPHONES INTO THE TOKE! TEACHING

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/ext.v8i2.2536

Palavras-chave:

Educação Básica. Projeto Criativo Ecoformador. Tecnologias da Informação e Comunicação. Smartphone.

Resumo

Este texto apresenta um Projeto Criativo Ecoformador (PCE) intitulado “Toke! Interligando Pessoas”, cujo objetivo é promover a utilização do smartphone em sala de aula como recurso para o desenvolvimento de atividades colaborativas, potencializando o aprendizado e instigando a aproximação de docentes e discentes aos recursos tecnológicos disponíveis. A metodologia dos PCE usada na elaboração da proposta se constitui pelo uso da sequência didática organizada por Torre e Zwierewicz (2009). Como resultado, são apresentados os organizadores conceituais que consituem o PCE, acompanhados de sugestões de atividades que podem ser desenvolvidas tanto no Ensino Fundamental como no Médio e Superior.

Palavras-chave: Educação Básica. Projeto Criativo Ecoformador. Tecnologias da Informação e Comunicação. Smartphone.

ABSTRACT: This text shows an Ecoformer Creative Project (ECP) called “Toke! Connecting People” [“Toke! Interligando Pessoas”] whose objective is to promote the use of smartphones in the classrooms as a mean to the development of collaborative activities, potentializing the learning and instigating the rapprochement of teachers and students towards the available technological resources. The methodology of ECPs used in the elaborations of the proposal is the didactic sequence organized by Torre and Zwierewicz (2009). As a result, the ECP’s conceptual organizers are shown, followed by suggestions of activities which can be developed in the Elementary, Secondary as well as in the Higher Education.

KEYWORDS: Elementary Education. Ecoformer Creative Project. Communication of Information Technology. Smartphone.

Referências

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educ. Pesqui. [s. l], v. 29, n. 2, p. 327-340, 2003. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022003000200010. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=s1517-97022003000200010&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 20 maio 2021.

BARRETO, Raquel Goulart. Tecnologias na formação de professores: o discurso do MEC. Educ. Pesqui. [s. l], v. 29, n. 2, p. 271-286, 2003. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022003000200006. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-97022003000200006&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 20 ago. 2020.

BERTICELLI, Ireno Antônio. A origem normativa da prática educacional na linguagem. Ijuí: Unijuí, 2004.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular – BNCC: educação é a base. Brasília: MEC, SEB, 2018. Disponível em: http://novoensinomedio.mec.gov.br/#!/saiba-mais. Acesso em: 30 mar. 2020.

CURY, Antonio. Organização e métodos: uma visão holística. São Paulo: Atlas S.A, 2012.

GÓMEZ, Ángel I. Pérez. Educação na era digital. Porto Alegre: Penso, 2015.

KENSKI, Vani Moreira. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas: Papirus, 2007.

LAGUARDIA, Josué; PORTELA, Margareth Crisóstomo; VASCONCELLOS, Miguel Murat. Avaliação em ambientes virtuais de aprendizagem. Educ. Pesqui. [s. l], v. 33, n. 3, p. 513-530, 2007. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022007000300009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ep/v33n3/a09v33n3.pdf. Acesso em: 20 jun. 2020.

LÉVY, Pierre. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. São Paulo: Loyola; 2011.

MENDES, Alexandre. TIC: muita gente está comentando, mas você sabe o que é? S. l: 2008. Disponível em: http://imasters.com.br/artigo/8278/gerencia-de-ti/tic-muita-gente-estacomentando-mas-voce-sabe-o-que-e/. Acesso em: 21 ago. 2020.

MORAN, José Manuel. Gestão inovadora da escola com tecnologias. In: VIEIRA, Alexandre (org.). Gestão educacional e tecnologia. São Paulo: Avercamp, 2003. p. 151-164.

RAMOS, Daniela Karine; KNAUL, Ana Paula. O uso das tecnologias digitais na infância pode influenciar nos modos de interação social? Evidências de uma revisão sistemática de literatura. Interfaces da Educ., Paranaíba, v. 11, n. 32, p. 159-187, 2020. Disponível em: https://periodicosonline.uems.br/index.php/interfaces/article/view/3818. Acesso em: 28 de nov. 2020.

SILVA, Marco. Sala de aula interativa: educação, comunicação, mídia clássica. 6. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

TORRE, Saturnino de la; ZWIEREWICZ, Marlene. Projetos Criativos Ecoformadores. In: ZWIEREWICZ, Marlene; TORRE, Saturnino de la. (org.). Uma escola para o século XXI: escolas criativas e resiliência na educação. Florianópolis: Insular, 2009. p. 153-176.

ZWIEREWICZ, Marlene. Programa de Formação-Ação em Escolas Criativas: matizes da pedagogia ecossistêmica na formação de docentes da Educação Básica. In: DITTRICH, Maria Glória et al. (org.). Políticas Públicas na contemporaneidade: olhares cartográficos temáticos. Itajaí: Univali, 2017. p. 217-231.

ZWIEREWICZ, Marlene. Projetos Criativos Ecoformadores – PCE: inovação metodológica e estímulo à transdisciplinaridade no ensino. In: ZWIEREWICZ, Marlene (org.). Criatividade e inovação no Ensino Superior: experiências latino-americanas em foco. Blumenau: Nova Letra, 2013. p. 163-186.

Downloads

Publicado

2020-12-18

Como Citar

SANTOS, A. .; LAZZAROTTI, C. .; TELEGEN, N. Z. .; MARQUES, C. M. .; ZWIEREWICZ, M. . TOKE! INTERLIGANDO PESSOAS: UM PROJETO CRIATIVO ECOFORMADOR PARA A INSERÇÃO DE SMARTPHONES NO ENSINO : TOKE! CONNECTING PEOPLE: AN ECOFORMER CREATIVE PROJECT TO THE INSERTION OF SMARTPHONES INTO THE TOKE! TEACHING. Extensão em Foco (ISSN: 2317-9791), [S. l.], v. 8, n. 2, p. 38-47, 2020. DOI: 10.33362/ext.v8i2.2536. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/extensao/article/view/2536. Acesso em: 23 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos