A SOCIOLOGIA NO CURRÍCULO DO ENSINO MÉDIO BRASILEIRO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/ext.v9i1.2726

Resumo

O currículo escolar não é algo acabado, mas objeto de permanente construção por diferentes atores sociais. Assim, o rol de disciplinas que o integram também se alterou com o passar do tempo. A disciplina de Sociologia passa por momentos turbulentos de idas e vindas no currículo escolar brasileiro, o que está atrelado a contextos sociais diversos e suas concepções políticas e ideológicas. Diante disso, por meio do emprego do método de investigação da hermenêutica e de análise bibliográfica e documental, procuramos mostrar os momentos de inserção e exclusão da disciplina no currículo escolar brasileiro no Ensino Médio. Os resultados apontam que a disciplina esteve presente no currículo em governos ditos de esquerda e foi suprimida do currículo em governos caracterizados como de direita. Desse modo, a Sociologia se encontra em constante situação de incerteza no currículo escolar, por conta das ideologias que permeiam as políticas governamentais nos diferentes momentos históricos.

Biografia do Autor

Joel Haroldo Baade, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe

Doutorado (2011 - Conceito CAPES 6) e Mestrado (2007 - Conceito CAPES 6) em Teologia pela Escola Superior de Teologia - Faculdades EST (São Leopoldo/RS). Especialização em Administração Escolar, Supervisão e Orientação pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI (2013). Graduação em Teologia pela Escola Superior de Teologia - Faculdades EST (São Leopoldo/RS) (Conceito 5). Graduação em Administração pela Universidade do Contestado (UnC, 2016). A formação inclui temas como Ética, Pesquisa, Metodologia de Pesquisa, História das Religiões, História da Educação, Hermenêutica, Correntes Pedagógicas, Sociologia, Filosofia, Teoria Curricular, Gestão Educacional. Formação e experiência na área de educação a distância (EAD). Desde fevereiro de 2011, professor da UNIARP (Universidade do Alto Vale do Rio do Peixe em Caçador-SC), lecionando diversas disciplinas em nível de graduação e pós-graduação. Líder do Grupo de Pesquisa em Ética, Cidadania e Sustentabilidade (CNPq). Editor-chefe da Revista Visão de Gestão Organizacional. Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC). Docente e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Sociedade e do Mestrado Profissional em Educação da UNIARP. Coordenador geral do programa de Educação a Distância do Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE). Sua pesquisa, produção técnica e tecnológica estão concentradas na Epistemologia, Interdisciplinaridade e Ética na construção do conhecimento, desde a Educação Básica até a Pós-Graduação.

Romilda Teodora Ens

Doutorado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Pós doutoramento pela Universidade do Porto (2018) Atualmente, é professora titular do Programa de Pós-Graduação em Educação Stricto Sensu da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e pesquisadora associada da Fundação Carlos Chagas (FCC), participando do CIERS-Ed (Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais e Subjetividade Educação). E-mail: romilda.ens@gmail.com

Referências

BRASIL. Orientações Curriculares Nacionais o Ensino Médio. MEC, Brasília, 2006. Disponível em: http://www.portal.mec.gov.br. Acesso em: 08 out. 2021.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Parte IV – Ciências Humanas e suas Tecnologias. MEC, Brasília, 2000b. Disponível em: http://www.portal.mec.gov.br. Acesso em: 08 out. 2021.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro01.pdf. Acesso em: 08 out. 2021.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso em: 01 set. 2021.

CAREGNATO, C. E.; CORDEIRO, V. C. Campo Científico-Acadêmico e a Disciplina de Sociologia na Escola. Educação e Realidade, v. 39, p. 39-47, 2014. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/37587. Acesso em: 04 set. 2021.

FREITAS, M. C. L.; FRANÇA, C. E. História da sociologia e de sua inserção no ensino médio. Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal da Grande Dourados. ISSN Eletrônico: 2358-9205. Movimentação, Dourados, v. 3, n. 5, p. 39-55, 2016. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/movimentacao/article/view/7218. Acesso em: 29 out. 2021.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e método: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Petrópolis: Vozes, 1997.

MACHADO, M. C. G. O projeto de Rui Barbosa: o papel da educação na modernização da sociedade. In: V SEMINÁRIO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS “HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL”, 2001, Campinas. Anais [...] V Seminário Nacional de Estudos e Pesquisas História, Sociedade e Educação, 2001.

MORAES, A. Ensino de Sociologia: periodização e campanha pela obrigatoriedade. Cad. Cedes, Campinas, v. 31, n. 85, p. 359-382, set./dez. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v31n85/04v31n85.pdf. Acesso em: 06 out. 2021.

NAGLE, J. Educação e Sociedade na Primeira República. São Paulo: Pedagógica e Universitária Ltda., 1974.

OLIVEIRA, A.; CIGALES, M. P. O ensino de Sociologia no Brasil: um balanço dos avanços galgados entre 2008 e 2017. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 28, n. 2, p. 42-58, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rteo/article/view/46060. Acesso em: 04 out. 2021.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Mensagem n. 1.073, de 8 de outubro de 2001. (Veto ao Projeto de Lei n. 9/2000). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/VETO_TOTAL/2001/Mv1073-01.htm. Acesso em: 18 out. 2021.

QUEIROZ, M. I. P. O Brasil dos cientistas sociais não brasileiros: ensaio metodológico. Sociologia da Cultura Brasileira. In: XIII ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, Caxambu, 1989.

RÊSES, E. S. E com a palavra: os alunos. Estudo das representações sociais dos alunos da rede pública do Distrito Federal sobre a sociologia no ensino médio. 2004. 147f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Brasília/UnB, Brasília, 2004.

RICOEUR, Paul. Interpretação e ideologias. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1988.

SANTOS, M. B. A sociologia no ensino médio: o que pensam os professores da rede pública do Distrito Federal. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade de Brasília, Brasília/DF, 2002.

SANTOS, M. B. A Sociologia no contexto das Reformas do Ensino Médio. In: CARVALHO, L. M. G. (org.). Sociologia em debate. Ijuí: Editora Unijuí, 2004.

SARANDY, F. M. S. O ensino de Sociologia na escola média brasileira: as lutas políticas em torno de sua obrigatoriedade e as apropriações simbólicas da disciplina. In: 4º SEMINÁRIO DE PESQUISA DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SOCIEDADE E DESENVOLVIMENTO REGIONAL, Universidade Federal Fluminense/ UFF, Rio de Janeiro, mar. 2011.

SEKI, A. L. S; MACHADO, M. C. G. A disciplina de instrução moral e cívica na reforma educacional de Benjamin Constant de 1890. In: VIII JORNADA DO HISTEDBR, 2008, São Carlos. Anais [...] VIII Jornada do HISTEDBR. São Carlos: UFSCar, 2008. v. 1. p. 1-22.

SILVA, B, C. Gustavo Capanema: a construção das relações entre a Intelligentsia Nacional e o Estado no Brasil (1934-1945). Dissertação (Mestrado em 2010) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, São Paulo, 2010.

ZOTTI, S. A. O ensino secundário nas Reformas Francisco Campos e Gustavo Capanema: um olhar sobre a organização do currículo escolar. Anais [...] IV Congresso Brasileiro de História da Educação, Goiânia, 2006. Disponível em: http://www.sbhe.org.br/novo/congressos/cbhe4/individuais-coautorais/eixo01/Solange%20Aparecida%20Zotti%20-%20Texto.pdf. Acesso em: 08 out. 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-23

Como Citar

WIECZORKIEVICZ, A. K.; BAADE, J. H.; ENS, R. T. A SOCIOLOGIA NO CURRÍCULO DO ENSINO MÉDIO BRASILEIRO . Extensão em Foco (ISSN: 2317-9791), [S. l.], v. 9, n. 1, p. 92-106, 2021. DOI: 10.33362/ext.v9i1.2726. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/extensao/article/view/2726. Acesso em: 17 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos