EFEITO DA TERAPIA NUTRICIONAL NA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES DIABÉTICOS TIPO 2

Autores

  • Cleonice Gonçalves da Rosa UNIPLAC

Resumo

Para prevenir o diabetes tipo 2 (DM2) ou as suas complicações, existe muito interesse na identificação de alimentos vegetais com propriedades hipoglicêmicas para auxiliar no tratamento do DM2. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito de uma terapia nutricional não convencional nos índices de glicemia de jejum e nos parâmetros de qualidade de vida em pacientes com DM2. Foi conduzido um ensaio clínico randomizado com 23 pacientes com DM2, divididos entre Grupo controle e Grupo intervenção com araçá-vermelho. Os indivíduos do grupo intervenção ingeriram 50 g/dia da polpa dos frutos de araçá por 60 dias, enquanto para o grupo controle a ingestão de água foi considerada como tratamento controle. Os níveis de glicemia de jejum foram avaliados no período basal e após 60 dias. Foram aplicados dois instrumentos, um questionário sociodemográfico e de avaliação clínica e um de qualidade de vida na versão brasileira do Diabetes Quality of Life Measure - DQOL-Brasil. Os pacientes que consumiram as polpas de araçá-vermelho reduziram significativamente os parâmetros glicêmicos: 25% nos níveis de glicose de jejum (p<0,05), e foi identificado um efeito positivo entre o consumo de araçá vermelho, melhora nos níveis glicêmicos e melhor qualidade de vida relatada. Os resultados indicaram impacto positivo no consumo regular de araçá vermelho sobre os níveis de glicemia que podem contribuir para a saúde do sistema cardiovascular, e reduzir o risco de desenvolver complicações pelo DM2.

 

Referências

AMERICAN DIABETES ASSOCIATION. Standards of medical care in diabetes–2018. Diabetes Care, v. 33, p. 11-61, 2010.

AUGUST, et al. Spouses’ involvement in their partners’ diabetes management: Associations with spouse stress and perceived marital quality. J Fam Psychol, v. 27, p. 712-721, 2013.

CORRER, C. J. et al. Tradução para o Português e Validação do Instrumento Diabetes Quality of Life Measure (DQOL-Brasil). Arq Bras Endrocrinol Metab, v. 52, p. 515-522, 2008.

CRAWFORD, K. Review of 2017 Diabetes standards of care. Nurs Clin N Am, v. 52, 621–663, 2017.

KLEIN, G.A. et al. Mate Tea (Ilex paraguariensis) Improves glycemic and lipid profiles of Type 2 Diabetes and Pre- Diabetes Individuals : A Pilot Study. Journal of the American College of Nutrition, v. 30, p.37–41, 2011.

LIMA, A. C. S.; ARAÚJO, M. F. M.; DE FREITAS, R. W. J. F.; ZANETTI, M. L.; ALMEIDA, P. C.; DAMASCENO, M. M. C. Fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 em universitários: associação com variáveis sociodemográficas. Rev. Latino-Am. Enfermagem. v. 22, p. 484-90, 2014.

PARK, G. M. et al. Family history of diabetes and the risk of subclinical atherosclerosis. Diabetes & Metabolism, v. 42, 170-177, 2016.

PEREIRA, et al. Psidium cattleianum fruits : A review on its composition and bioactivity. Food Chem. v. 258, p.95–103, 2018.

TAVARES, et al. Caracterização de idosos diabéticos atendidos na atenção secundária. Cien Saude Colet, v. 12, p. 1341-1352, 2007.

TRIKKALINOU A, PAPAZAFIROPOULOU AK, MELIDONIS A. Type 2 diabetes and quality of life. World J Diabetes. v. 8, p. 120-129, 2017.

The WHOQOL Group. The World Health Organization quality of life assessment (WHOQOL): position paper from the World Health Organization. Soc Sci Med 1995; 41:1403-10.

SALAU, V. F., ERUKAINURE, O. L., ISLAM, S. Chapter 29 - Phenolics: therapeutic applications against oxidative injury in obesity and type 2 diabetes pathology. In: Pathology Oxidative Stress and Dietary Antioxidants, p. 297-307. Academic Press Books – Elsevier: Cambridge, Massachusetts, EUA, 2020.

SBD. Classificação Etiológica – Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2016. Disponível em: http://www.diabetes.org.br/politicas/diretrizesonline.php. Acesso em: 07 abril.2021.

ULLAH, A.; KHAN, A.; KHAN, I. Diabetes mellitus and oxidative stress––A concise

Review. Saudi Pharmaceutical Journal, v. 24, 547–553, 2016.

Downloads

Publicado

2021-11-19

Edição

Seção

VI Simposio Internacional, Ciência, Saúde e Território