QUALIDADE DE VIDA ENQUANTO INSTRUMENTO DE PESQUISA E A INTERFERÊNCIA DO EDUCADOR FÍSICO. UMA REVISÃO DE CONCEITOS

Autores

  • Tiago Carelli

DOI:

https://doi.org/10.33362/ries.v2i2.70

Resumo

O presente artigo de revisão literária tem o propósito de apresentar o termo qualidade de vida no seu emprego relacionado à área da saúde, à pesquisa e, em especial, à intervenção do educador físico. Sendo uma revisão critica. Os profissionais de educação física podem auxiliar no processo de melhoria da saúde e qualidade de vida da população se suas atuações estiverem voltadas no sentido de informar e auxiliar a sociedade a desenvolver rotinas que conduzam cada indivíduo a praticar ações benéficas para o seu corpo, tanto do ponto de vista físico como psíquico.

Biografia do Autor

Tiago Carelli

Educador Físico graduado pela Universidade Alto Vale Rio do Peixe - UNIARP, Pós graduando em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal do Paraná – UFPR

Referências

ARAUJO, Denise Sardinha Mendes Soares de; ARAUJO, Claudio Gil Soares de. Aptidão física, saúde e qualidade de vida relacionada à saúde em adultos. Rev Bras Med Esporte, Niterói, v. 6, n. 5, Oct. 2000. ACSM Position Stand: The recommended quantity and quality of exercise for developing and maintaining cardiorespiratory and muscular fitness, and flexibility in healthy adults. Med Sci Sports Exerc 1998 ASSUMPÇÃO, Francisco et al. Escala de Avaliação de Qualidade de Vida. Arquivo Neuropsiquiatria , v. 58,n.1,março, 2000. BATTISON, Toni, Vença o Estresse, O Homem Moderno. 1. ed. São Paulo: Manole, 1998. BUSS, Paulo Marchiori. Promoção da saúde e qualidade de vida. Ciênc. saúde coletiva, vol.5, n.1, 2000. CASPERSEN, C.J; POWELL, K.E; CHIRISTENSEN, G.M. Physical activity exercise, and physical fitness: definitions and distinctions for health-related research. Public Health reports. V.100 n° 2, 1985. CICONELLI, Rozana Mesquita. et.al. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico da avaliação da qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36). Ver. Brás. Reumatol. V.39, n°3 1999. DANTAS, Rosana Aparecida Spadoti; SAWADA, Namie Okino e MALERBO, Maria Bernadete. Pesquisas sobre qualidade de vida: revisão da produção científica das universidades públicas do Estado de São Paulo. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2003, vol.11, n.4 DEL PRETTE, Almir; DEL PRETTE, Zilda A. P. Psicologia das relações interpessoais: vivencias para o trabalho em grupo. Petrópolis. 1° ed. Ed.Vozes, 2001. DELA COLETA, M. Crenças sobre comportamentos de saúde e adesão à prevenção e ao controle de doenças cardiovasculares. Mudanças - Psicologia da Saúde, Brasil, 18. 2011. Fayers PM, D. Quality of life. Assessment, analysis and interpretation. Chichester: John Wiley; 2000. JÚNIOR, Alfredo Faria. Educação Física, Desporto e promoção da Saúde. Revista Horizonte. v.IX, n.51, 1992. MEDINA, João Paulo S. A educação física cuida do corpo e...”mente”. Bases para a renovação e transformação da educação física. 9° ed. Campinas. Papirus, 1990. MINAYO, Maria Cecília de Souza, HARTZ, Zulmira Maria de Araújo, BUSS, Paulo Marchiori. Qualidade de Vida e Saúde: um debate necessário. Ciência & Saúde Coletiva, 2000. MUROFUSE, Neide Tiemi; ABRANCHES, Sueli Soldati; NAPOLEAO, Ana Maria Alves. Reflexões sobre estresse e Burnout e a relação com a enfermagem. Rev. Latino-Am. Enfermagem vol.13, n.2 2005. NAHAS, Markus V. Atividade física, saúde e qualidade de vida: Conceitos e sugestões para um estilo de vida ativo. Londrina. 5° Ed. Midiograf, 2010. NAHAS, Markus V. Revisão dos métodos para determinação dos níveis de atividade física habitual em diversos grupos populacionais. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. 1996. NAHAS, Markus V; BARROS, Mauro G; FRANCALACCI, Vanessa. O Pentáculo do Bem-Estar: Base Conceitual para Avaliação do Estilo de Vida de Indivíduos ou Grupos. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde 2000. NOBRE, Moacyr Roberto Cucê; et. al. Qualidade de vida, educação em saúde e prevenção de doenças. Qualimetria 1994 NOBRE, Moacir Roberto Cucê,. Qualidade de vida. Arq. Brás. Cardiol. Vol. 64, n° 4, 1995. SEIDL, Eliane M. F. ZANNON, Célia M.l.C. Qualidade de vida e saúde: aspectos conceituais e metodológicos. Cad. Saúde Pública vol.20, n.2. 2004. TUBINO MJG. Metodologia científica do treinamento desportivo. 11. ed. São Paulo:IBRASA; 1984. TUBINO, M.J.G. A qualidade de vida e a sua complexidade.In: MOREIRA, W.W.; SIMOES, R.(Orgs.). Esporte como fator de qualidade devida. Piracicaba: Unimep, 2002. VELHO, Gilberto. Estilo de vida urbano e modernidade. Revista Estudos Históricos, Rio de Janeiro, 8, dez. 1995 WILLIAMS, Melvin H. Nutrição: Para saúde, condicionamento físico e desempenho esportivo. São Paulo. 5° Ed. Manole 2002.

Publicado

2013-11-12

Edição

Seção

Estudos Interdisciplinares em Saúde