QUALIFICAÇÃO DOS COLABORADORES DO COMÉRCIO DE VESTUÁRIO

UM ESTUDO DE CASO EM VIDEIRA/SC

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/ext.v12i00.3476

Palavras-chave:

Comércio, Qualificação, Produtividade, Mercado de trabalho

Resumo

O estudo aborda a importância da mão de obra qualificada, destacando que colaboradores instruídos são essenciais para a produtividade e competitividade das empresas. O objetivo da pesquisa foi analisar o impacto das ações de qualificação em empresas de comércio de vestuário em Videira/SC. Utilizando uma abordagem qualiquantitativa, de natureza aplicada, exploratória quanto aos objetivos e de levantamento em relação aos procedimentos, os dados foram coletados por meio de um questionário respondido por 84 empresários de microempresas e empresas de pequeno porte do setor de Videira/SC. Os resultados revelam que as empresas priorizam ações como reuniões e feedbacks regulares, com frequência mensal, como forma de qualificação dos colaboradores. A maioria dos empresários percebe impactos positivos na rotina de trabalho, como melhoria no atendimento e aumento das vendas, porém, há relutância em ofertar treinamentos técnicos e benefícios auxiliares, sobretudo, por não estarem dispostos a investir dinheiro e tempo e na formação dos colaboradores. As principais características consideradas para um colaborador qualificado são vontade de aprender e engajamento com a empresa. Conclui-se que, embora haja esforços para qualificar os colaboradores, há oportunidades de melhorar a estruturação das equipes e promover treinamentos mais focados nas habilidades técnicas necessárias.

Biografia do Autor

Eduarda Fernanda Moreira, Faculdade Senac Videira

Tecnóloga em Processos Gerenciais

Elaine Somariva, Faculdade Senac Videira

Tecnóloga em Processos Gerenciais

Jaqueline Lorenci, Faculdade Senac Videira

Tecnóloga em Processos Gerenciais

Tainá Trindade de Oliveira, Faculdade Senac Videira

Tecnóloga em Processos Gerenciais

Leandro Hupalo, Faculdade Senac Videira

Mestre em Educação

Referências

ABBAD, Gardênia da Silva et al. Desenho e redesenho do trabalho: Modelos e ferramentas de apoio à gestão. Vetor Editora, 2022.

ALVES, Edgard Luiz Gutierrez; VIEIRA, Carlos Alberto dos Santos. Qualificação profissional: uma proposta de política pública. Planejamento e políticas públicas, n. 12, 1995. Disponível em: https://portalantigo.ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/TDs/td_0376.pdf. Acesso em: 12 dez. 2023.

BORJA, Antón et al. Educación y nuevas tecnologías: reflexiones sobre cambios en los perfiles profesionales y formación. Revista de educación, 1990. Disponível em: https://redined.educacion.gob.es/xmlui/handle/11162/70258. Acesso em: 10 dez. 2023.

CHÉR, Rogério. Engajamento: melhores práticas de liderança, cultura organizacional e felicidade no trabalho. Rio de Janeiro: Alta Books, 2018.

CHIAVENATO, I. Recursos Humanos. Edição compactada. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: e o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

CHIAVENATO, I. Comportamento organizacional: a dinâmica do sucesso das organizações. 2ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

CHURCHILL, Gilberto A., PETER, Paul J. Marketing: criando valor para os clientes. São Paulo: Saraiva, 2000.

CLARO, M. A. P. M.; NICKEL, Daniele Cristine. Gestão do capital humano. Curitiba: Gazeta do Povo, v. 4, p. 17-32, 2002.

CLEIN, Claudelir; TOLEDO, Milka Inês K. de; OLIVEIRA, Lindomar S. de. Qualificação e Capacitação: investir no capital humano como forma de crescimento e vantagem competitiva. Gestão Estratégica: Criatividade e Interatividade. Revista ADMpg Gestão Estratégica, v. 10, 2013. Disponível em: http://anteriores.admpg.com.br/2013/down.php?id=110&q=1. Acesso em: 10 dez. 2024.

COBRA, Marcos. Administração de vendas. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

CONTE, Antonio Lázaro. Qualidade de vida no trabalho. Revista FAE business, v. 7, p. 32-34, 2003. Disponível em: https://www.academia.edu/download/46008045/rev_fae_business_07_2003_gestao_10QVT.pdf. Acesso em: 09 dez. 2023.

DUTRA, Joel Souza. Gestão de Pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2009.

FIGUEIREDO, Marília ZA; CHIARI, Brasilia M.; DE GOULART, Bárbara NG. Discurso do Sujeito Coletivo: uma breve introdução à ferramenta de pesquisa qualiquantitativa. Distúrbios da Comunicação, v. 25, n. 1, 2013. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/dic/article/view/14931. Acesso em: 09 dez. 2023.

FUTRELL, Charles M. Vendas: fundamentos e novas práticas de gestão. São Paulo: Saraiva, 2003.

GIL, Antônio Carlos. Gestão de pessoas: enfoque nos papéis profissionais. São Paulo: Atlas, 2001.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2007.

GUEDES, Terezinha Aparecida et al. Estatística descritiva. Projeto de ensino aprender fazendo estatística, p. 1-49, 2005. Disponível em: https://www.ime.usp.br/~rvicente/Guedes_etal_Estatistica_Descritiva.pdf. Acesso em: 14 dez. 2023.

LEITE, Elenice M. Renovação tecnológica e qualificação do trabalho: efeitos e expectativas. In: A máquina e o equilibrista: inovações na indústria automobilística brasileira. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1995.

MALSCHITZKY, Nancy. Empregabilidade x empresabilidade: o ambiente empresarial deve estimular o desenvolvimento profissional. Revista FAE Business, n. 2, 2002.

MARKERT, Werner. Teorias de educação do iluminismo, conceitos de trabalho e do sujeito. Rio de janeiro: Tempo Brasileiro, 1994.

MEDEIROS, João Bosco. Redação Científica: prática de fichamentos, resumos, resenhas. 13. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

MOMM, Lígia. Mercado de Trabalho e Desemprego: oferta e demanda de emprego via Internet, uma nova tendência. Estudo de caso no Banco Nacional de Empregos - BNE. 2004. 155f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. UFSC: Florianópolis, 2004.

PARENTE, J. Varejo no Brasil. 2ª. Ed. São Paulo: Atlas, 2014.

ROBBINS, Stephen P.; SOBRAL, Filipe. Comportamento organizacional. 14. ed. São Paulo: Prentice-Halll, 2012.

ROCHA-VIDIGAL, Cláudia Bueno; VIDIGAL, Vinícius Gonçalves. Investimento na qualificação profissional: uma abordagem econômica sobre sua importância. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences, v. 34, n. 1, p. 41-48, 2012. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3073/307324776007.pdf. Acesso em: 02 dez. 2023.

SANTOS, Angela Maria Medeiros Martins; COSTA, Cláudia Soares. Características gerais do varejo no Brasil, 1997. Disponível em: https://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/7125. Acesso em: 10 dez. 2023.

SCHEIN, Edgar H. Cultura Organizacional e Liderança. 4º ed. Nova Jersey: John Wiley & Sons, 2010.

TEODORO, Francielle de Nazaré Fernandes; CRUZ, H. A. A importância do processo de coaching interno no desenvolvimento do colaborador e no alcance dos resultados. In: XIII Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 2016. Disponível em: https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos16/32724380.pdf. Acesso em: 09 dez. 2023.

THIOLLENT, M. Metodologia de Pesquisa-ação. São Paulo: Saraiva, 2009.

VINUTO, Juliana. A amostragem em bola de neve na pesquisa qualitativa: um debate em aberto. Temáticas, Campinas, v. 22, n. 44, p. 203-220, 2014. Disponível em: https://www.academia.edu/16320788/A_Amostragem_em_Bola_de_Neve_na_pesquisa_qualitativa_um_debate_em_aberto. Acesso em: 16 out. 2023.

Downloads

Publicado

2024-04-30

Como Citar

MOREIRA, E. F.; SOMARIVA, E.; LORENCI, J.; TRINDADE DE OLIVEIRA, T.; HUPALO, L. QUALIFICAÇÃO DOS COLABORADORES DO COMÉRCIO DE VESTUÁRIO: UM ESTUDO DE CASO EM VIDEIRA/SC. Extensão em Foco (ISSN: 2317-9791), [S. l.], v. 12, n. 00, p. 55–70, 2024. DOI: 10.33362/ext.v12i00.3476. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/extensao/article/view/3476. Acesso em: 21 jun. 2024.