INTERFACE ENTRE EDUCAÇÃO, AMBIENTE E TECNOLOGIA: ARTICULAÇÃO NA FORMAÇÃO DE PROFESSOR

Autores

  • Maria Sodré
  • Neriane da Hora Núcleo de Estudos em Educação Científica, Ambiental e Práticas Sociais do Centro de Educaçaão da Universidade do Estado do Pará

DOI:

https://doi.org/10.33362/professare.v3i2.308

Resumo

Este trabalho consta de uma proposta voltada aos alunos de graduação, buscando interagir com os recursos do cotidiano como os gibis, associados ao uso da tecnologia na educação e a pedagogia de projeto, com ênfase em educação ambiental. Tem como objetivo contribuir na formação de fututros professores, a partir do desenvolvimento de habilidades relacionadas ao uso de recursos pedagógicos. Foram realizados cinco minicursos, efetivando a seleção e leitura de gibis, a exploração do software HagáQuê, na construção de nova história em quadrinhos (HQ). O estudo, por parte do pesquisador, constou de uma integração entre ensino/pesquisa, com vinte professores em formação inicial, e a opção pela pesquisa-ação, sendo que os projetos de cada grupo de trabalho foram realizados por meio da pesquisa teórica. A interpretação dos dados foi de forma qualitativa e descritiva e os relatos dos alunos indicam que o projeto Gibis exigiu o manuseio de habilidades, oportunizou a aprendizagem a partir de um tema/problema na construção de uma HQ. Conclui-se que houve o favorecimento na aquisição, organização e difusão do conhecimento, sugerindo adotar uma posição construtivista e contextualizada no ensino e aprendizagem.

 

Palavras-chave: Formação Inicial. Projeto de Aprendizagem. Software Educativo. Educação Ambiental.

Biografia do Autor

Maria Sodré

 

Departamento de Ciências Naturais do Centro de Educaçaão da Universidade do Estado do Pará

Área:  Ciências Exatas e Naturais

Publicado

2015-05-06

Edição

Seção

ARTIGOS