A EDUCAÇÃO COMO INSTRUMENTO DE DINAMICA SOCIAL: MEMÓRIA DE ALUNOS DA FACULDADE DE DIREITO DE PELOTAS-RS/BRASIL E DA FACULDADE DE DIREITO DE COIMBRA/ PORTUGAL

Autores

  • Valesca Brasil Costa Doutora pelo PPGE/Unisinos

DOI:

https://doi.org/10.33362/professare.v3i2.322

Resumo

Este trabalho é dedicado a revisitar a memória de alunos egressos da Faculdade de Direito de Pelotas-RS/Brasil e da Faculdade de Direito de Coimbra/Portugal, tendo como recorte temporal entre as décadas de 1960 a 1970. Este recorte temporal se justifica, pois no Brasil se deu o Golpe Civil Militar (início da Ditadura Militar no Brasil) e em Portugal, se deu a Revolução dos Cravos (fim do Regime Salazarista em Portugal). Deste modo, este trabalho investigou a história de duas instituições jurídicas a partir da memória de seus egressos, cabendo destacar que ambas as instituições são representativas de uma cultura jurídica, de relevante significado no contexto de formação de bacharéis em Direito, tanto no Brasil como em Portugal.

Biografia do Autor

Valesca Brasil Costa, Doutora pelo PPGE/Unisinos

Graduada em Direito e Filosofia, Mestre em Educação, Doutora em Educação.

Publicado

2015-05-06

Edição

Seção

ARTIGOS