A CONTRATAÇÃO DE PESSOAS ACIMA DOS QUARENTA ANOS PRATICADA POR UMA REDE DE CINEMAS

HIRING PEOPLE OVER FORTY YEARS PRACTICED BY A NETWORK OF CINEMAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v11i1.2329

Palavras-chave:

Contratação. Acima dos 40 anos. Rede de cinemas.

Resumo

Torna-se cada vez mais frequente a adesão de novos projetos de contratação entre empresas que buscam o sucesso. Um exemplo disso é o programa 40+, promovido por uma rede de cinemas. Logo, o presente artigo objetivou analisar como uma rede de cinemas investe em um programa de contratação voltada a pessoas acima dos quarenta anos. Metodologicamente, adotou-se a abordagem qualitativa utilizando um roteiro de entrevista estruturado, aplicado a dois gestores. Como método, foi utilizada a análise de conteúdo e as categorias analisadas foram: Modelo de contratação; Mercado de trabalho para a faixa etária acima dos quarenta anos; Acertos e Desafios do Programa 40+. Como resultados, observou-se que a contratação dos funcionários acima dos quarenta anos acaba por melhorar o funcionamento da organização, em virtude das experiências e pelo comportamento maduro apresentado. Conclui-se, portanto, a importância e viabilidade da criação de projetos que valorizam a política de contratação desse público.

Palavras-Chave: Contratação. Acima dos quarenta anos. Rede de cinemas.

 

Abstract: It is becoming more and more frequent the adhesion of new hiring projects among companies that seek success. An example of this is the 40+ program, promoted by a cinema chain. Therefore, the present article aimed to analyze how a cinema network invests in a hiring program aimed at people over forty years old. Methodologically, the qualitative approach was adopted using a structured interview script, applied to two managers. As a method, content analysis was used and the categories analyzed were: Hiring model; Labor market for the age group above forty years; Hits and Challenges of the 40+ Program. As a result, it was observed that the hiring of employees over forty years ends up improving the functioning of the organization, due to the experiences and mature behavior presented. It is concluded, therefore, the importance and feasibility of creating projects that value the public's hiring policy.

Keywords: Hiring. Above forty years. Cinema network.

Biografia do Autor

Andréia Alves da Silva Santana, Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ

Especialista em Gestão de Pessoas pelo Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ e Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Atualmente, é gestora de Recursos Humanos na empresa de Telecomunicações Tely.

Helayne Maria Melo do Nascimento, Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ

Especialista em Gestão de Pessoas pelo Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ e Graduada em Administração pela Faculdade Maurício de Nassau. Atualmente, é Assistente de RH na empresa Control Construções.

Yohana Karla Ribeiro Vieira, Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ

Graduada em Gestão de Recursos e Especialista em Gestão de Pessoas pelo Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ.

Janayna Souto Leal, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Aluna do Doutorado em Administração pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Mestre em Administração pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB (2018), sendo também membro participante do Grupo de Pesquisa GPCIBER (UFPB), Mestre em Gestão do Potencial Humano pelo Instituto Superior de Gestão, ISG, em Portugal (2013), Especialista em Gestão Estratégica de Pequenas e Médias Empresas pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG (2009) e Graduada em Administração pela Universidade Estadual da Paraíba (2008). Atualmente, é professora nos Cursos do Bacharelado em Administração, Ciências Contábeis e dos Cursos de Ensino Superior em Tecnologia da Gestão no Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ e Avaliadora Ad hoc INEP/MEC.

João Batista Soares Neto, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Atualmente é professor adjunto I da Universidade Federal da Paraíba nas áreas de marketing e de comportamento do consumidor, e é um dos líderes da inforMA Grupo de Pesquisa. Possui doutorado e mestrado em administração, com ênfase em marketing, pela UFPB (2017) e pela UFRN (2007), respectivamente. Fomentado pela CAPES, realizou doutorado sanduíche na Northampton Business School (University of Northampton-UK), com foco nas análises das práticas de mercado e de ensino de marketing na Inglaterra, na Alemanha e nos EUA. É especialista em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (2004) e graduado em administração pela Universidade Federal da Paraíba (2002). Foi membro do MEQAD (Marketing e Métodos Quantitativos), entre 2013 e 2016, e promoveu a capacitação de servidores da UFPB nas áreas de endomarketing e marketing pessoal (2012). Atou como coordenador do curso de graduação em Administração da UFPB (2013) e como docente da Universidade Federal Rural do Semi-Árido nas áreas de estratégia e marketing (2009/2010). Na Universidade Estácio de Sá (Unidade Câmara Cascudo - Natal/RN) atuou, entre 2008 e 2009, como diretor de relações empresariais, como coordenador da empresa júnior, como docente e como coordenador do curso de administração e da pós-graduação em gestão de marketing e do comportamento do consumidor. Trabalhou como representante comercial das empresas Dalponte Ltda; Cambuci S/A (Penalty); Calçados Samello e J. Shayeb Ltda nos Estados da Paraíba e Rio Grande do Norte.

Referências

ABDALA, V. Cerca de 25% dos desempregados procuram emprego há mais de dois anos. Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rio de Janeiro, 14 de fev. de 2020. Disponível em: <http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-02/cerca-de-25-dos-desempregados-procuram-emprego-ha-mais-de-dois-anos>. Acesso em: 27 fev. 2020.

AYLMER, R. Maturidade do raciocínio moral. Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), São Paulo, 10 de jun. de 2019. Disponível em: <https://www.abrhbrasil.org.br/cms/materias/artigos/maturidade-do-raciocinio-moral/> Acesso em: 27 mar. 2020.

BANOV, M. R. Recrutamento, seleção e competências. 4. ed., São Paulo: Atlas, 2015.

BARDUCHI, A. L. J. Empregabilidade: competências pessoais e profissionais. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.

BATISTA, P. H. A. Dificuldades do Trabalhador com mais de Quarenta Anos diante do Mercado de Trabalho. Revista Brasileira de Gestão e Engenharia, [S.l.], n. 13, p. 01-22, jan./jun. 2016.

BULLA, L. C.; KAEFER, C. O. Trabalho e Aposentadoria: as repercussões sociais na vida do idoso aposentado. Revista Virtual Textos & Contextos, Porto Alegre, v. 2, n. 2, p. 01-08, dez. 2003.

CAMPOS, A.; BARSANO, P. B. Administração: guia prático e didático. 2. ed., São Paulo: Érica, 2016.

CAXITO. F.A. Recrutamento e Seleção de Pessoas. 1. Ed. Curitiba: IESDE, 2007.

DIGITAL GROUP. Portal. Disponível em: < https://dotgroup.com.br/pt/blog/infografico-as-geracoes-e-suas-formas-de-aprender> Acesso em: 18 jul. 2020.

FAISSAL, R.; PASSOS, A. E. V. M.; MENDONÇA, M. C. F.; ALMEIDA, W. M. C. Atração e Seleção de Pessoas. 3. ed., Rio de Janeiro: FGV, 2015.

FARIA, B. P. Fatores que motivam os jovens da geração Z nas organizações. 2016. 53 f. Monografia (Bacharelado em Administração) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de Brasília, Brasília.

FERREIRA, P. I. Atração e seleção de talentos. Rio de Janeiro: LTC, 2014.

FIGUEIRAS, B. S.; FELISBINO, G. S.; FELIZARDO, T. A. P.; FONSECA, B. G. A importância do recrutamento e seleção na organização: tipos de entrevista. São Paulo. 2018.

FLICK, U. Métodos de Pesquisa: introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FOLHA DE SÃO PAULO. Empresas abrem vagas só para profissionais maduros. Folha de São Paulo, 04 de mar. de 2018. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/03/empresas-abrem-vagas-so-para-profissionais-maduros.shtml>. Acesso em: 13 mar. 2020.

GIL, A. C. Método e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas S.A, 2008.

KNECHTEL, M. R. Metodologia da pesquisa em educação: uma abordagem teórico-prática dialogada. Curitiba: Intersaberes, 2014.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos da metodologia científica. 7. Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

LAJOLO, M. Empresas criam programas de contratação pra maiores de 50 anos. Veja, 15 de out. de 2018. Disponível em: <https://veja.abril.com.br/economia/empresas-criam-programas-de-contratacao-para-maiores-de-50-anos/> Acesso em: 27 mar. 2020.

MARQUES, J. C. Gestão de Recursos Humanos. São Paulo: Cengage, 2016.

MINARELLI, J. A. Empregabilidade. São Paulo: Gente, 2009.

NERI, A. Gestão de RH por competência e a empregabilidade, Campinas: Papirus, 2014. Disponível em: <https://books.google.com.br/books?id=kneADwAAQBAJ&printsec=frontcover&hl=pt-BR&source=gbs_ge_summary_r&cad=0#v=onepage&q&f=false> Acesso em: 13 mar. 2020.

ORLILKAS, E. Consultora interna de RH. Conceitos, benchmarking, cases - o modelo de gestão com as pessoas que as empresas bem-sucedidas estão utilizando. 10. ed. São Paulo: Ibpex, 2001.

RAPOSO, D. S. P.; GÜNTHER, I. A. O ingresso na universidade após os 45 anos: um evento não-normativo. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 13, n. 1, p. 123-31, jan./mar. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-73722008000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 27 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2022-02-23

Como Citar

SANTANA, A. A. da S.; NASCIMENTO, H. M. M. do; VIEIRA, Y. K. R.; LEAL, J. S.; SOARES NETO, J. B. A CONTRATAÇÃO DE PESSOAS ACIMA DOS QUARENTA ANOS PRATICADA POR UMA REDE DE CINEMAS: HIRING PEOPLE OVER FORTY YEARS PRACTICED BY A NETWORK OF CINEMAS. Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador (SC), Brasil, v. 11, n. 1, p. 18-35, 2022. DOI: 10.33362/visao.v11i1.2329. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/2329. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos