INFLUÊNCIA DA ARQUITETURA NO AMBIENTE ESCOLAR: PROJETO DE UMA ESCOLA NO MUNICÍPIO DE CAÇADOR

Pablo Santin, Cláudia Maté, Patrícia Costa Pellizzaro

Resumo


O presente artigo analisa aspectos da arquitetura escolar, apontando pontos importantes na concepção de um ambiente adequado as atividades de ensino e aprendizado, aspectos que podem transforma-lo em um espaço mais acolhedor, dinâmico e interativo, fugindo dos padrões do ensino tradicional replicado na maioria das escolas públicas brasileiras. Na sequência é apresentado um breve estudo do projeto de implantação do ensino integral nas escolas públicas, que tem proporcionado aos estudantes o desenvolvimento de suas habilidades, oferecendo além das disciplinas obrigatórias, atividades culturais e de oficinas, diminuindo assim o índice de analfabetismo e jovens nas ruas. Para tanto é necessário entender o ambiente escolar e as novas demandas de espaço para relacionar a arquitetura com o ensino, promovendo assim que as áreas se integrem com o objetivo do programa do Governo Federal de oferecer um ensino de qualidade a todas as crianças e jovens. Visando verificar a influência da arquitetura no ambiente escolar foram analisadas duas escolas, sendo estas: Escola de Ensino Médio, Irmão Leo, em Caçador, e a escola Positivo internacional, em Curitiba, onde foram levantados os pontos positivos e negativos em relação a sua estrutura física e os seus ambientes. A diferença nas salas de aulas, como os mobiliários, áreas de convivência, sendo que uma possui e o outra não, todos os materiais utilizados com um melhor aproveitamento e aplicação entre outros. Na sequência foi realizada a análise comparativa dos dois casos, de modo a obter subsídios para propor diretrizes inovadoras e espaços diversificados, proporcionando aos estudantes uma ambiência dinâmica para o desenvolvimento das suas capacidades, deixando para atrás o padrão de escolas fechadas e muradas.

Palavras-Chave: Arquitetura escolar. Ensino integral. Escolas planejadas.

ABSTRACT

This article analyzes aspects of school architecture, pointing out important points in the design of an adequate environment teaching and learning activities, aspects that can turn it into a more welcoming, dynamic and interactive space, avoiding the patterns of traditional teaching replicated in the majority of Brazilian public schools. The following is a brief study of the implementation of integral education in public schools, which has provided students with the development of their skills, offering compulsory courses, cultural activities and workshops, thus reducing the illiteracy rate and youth in the schools. streets. To do so, it is necessary to understand the school environment and the new demands of space to relate the architecture with the teaching, thus promoting that the areas integrate with the objective of the program of the Federal Government to offer a quality education to all the children and young people. Aiming to verify the influence of the architecture in the school environment, two schools were analyzed: High School, Brother Leo in Caçador, and the Positivo internacional school in Curitiba, where positive and negative points were raised regarding its structure physics and their environments. The difference in classrooms, such as furniture, living areas, one has and the other does not, all materials used with a better use and application among others. A comparative analysis of the two cases was carried out, in order to obtain subsidies to propose innovative guidelines and diverse spaces, giving the students a dynamic environment for the development of their capacities, leaving behind the pattern of closed and walled schools.

Keywords: School architecture. Integral education. Planned Schools.


Palavras-chave


Arquitetura escolar; Ensino integral; Escolas planejadas.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Pablo Santin

ISSN: 2316-1221

-------------------------------------------------------------

Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)- Rua Victor Baptista Adami, 800- Centro
CEP: 89500-000 - Cx. Postal 232 - Fone: (49) 3561-6200 E-mail: uniarp@uniarp.edu.br
Copyright © 2010 UNIARP. Todos os direitos reservados.