DESAFIOS PARA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM NÍVEL STRICTO SENSU: UMA PESQUISA NO MUNICÍPIO DE LUZIÂNIA-GOIÁS

CHALLENGES FOR CONTINUOUS EDUCATION OF TEACHERS AT THE STRICT SENSU LEVEL: A RESEARCH IN THE MUNICIPALITY OF LUZIÂNIA-GO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/juridico.v12i2.3093

Resumo

A presente pesquisa buscou analisar os principais desafios para os professores da rede municipal da cidade de Luziânia-GO continuarem sua formação acadêmica em nível stricto sensu. Para compreender essa questão, buscamos identificar as políticas públicas para a formação continuada de professores, bem como conhecer as vantagens que a Secretaria Municipal de Educação de Luziânia (SMEL) oferece aos docentes que prosseguem com sua formação acadêmica e investigar o nível de formação acadêmica dos professores da rede municipal de ensino. Nesse sentido, realizamos uma pesquisa de abordagem qualitativa, na qual utilizamos como instrumento de coleta de dados: 1) entrevista semiestruturada com 20 professores; 2) entrevista semiestruturada com o secretário municipal de educação; e 3) levantamento de dados junto à SMEL por meio da pesquisa documental. O campo de pesquisa foram quatro escolas municipais localizadas na cidade de Luziânia-GO e a SMEL. Para embasar este estudo, utilizamos, dentre outras referências, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (2017) e Verdum (2010). A formação continuada dos docentes contribui para a construção de novos conhecimentos que poderão ser utilizados durante a prática pedagógica, facilitando o desenvolvimento e aprimoramento de metodologias que irão amparar o professor frente aos desafios cotidianos de sala de aula. O aprimoramento profissional por meio da continuidade dos estudos acadêmicos se torna um importante instrumento para atualizar os conhecimentos, contribuindo para o desenvolvimento pessoal e profissional.

PALAVRAS-CHAVE: formação continuada. Stricto sensu. Políticas públicas educacionais.

 

ABSTRACT

This research sought to analyze the main challenges for teachers in the municipal network of the city of Luziânia-Goias to continue their academic training at a stricto sensu level. To understand this issue, we identified public policies for the continuing education of teachers, as well as knowing the advantages that the municipal education department of Luziânia (SMEL) offers to teachers who continue with their academic training and investigate the level of academic training of teachers. of the municipal education network. To develop this work, we carried out a research with a qualitative approach, we used a semi-structured interview with 20 teachers as a data collection instrument, we also carried out a semi-structured interview with the municipal secretary of education and also collected data from SMEL through documentary research. . The research field were four municipal schools located in the city of Luziânia- Goiás and SMEL. To support this study, the contributions of: Law of Guidelines and Bases of Education (2017); Verdum (2010) among other authors who helped build the theoretical framework of this research. The continuing education of teachers contributes to the construction of new knowledge that can be used during pedagogical practice, facilitating the development and improvement of methodologies that will support the teacher in the face of the different challenges that may occur in the classroom. Professional improvement through continuing academic studies becomes an important tool for updating knowledge, contributing to personal and professional development.

Keywords: continuing education. Stricto sensu. Educational public policies.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiane Luiz Andrade, Universidade Estadual de Goiás

Mestre pela Universidade Estadual de Goiás (UEG/Luziânia). Possui especialização em Docência do Ensino Superior (UEG/Luziânia). Graduada em Pedagogia (UEG/Luziânia) e licenciatura em Educação Física pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Zenaide Dias Teixeira, Universidade Estadual de Goiás

Pós-Doutora em Sociolinguística Educacional pela Universidade de Brasília (UnB). Doutora em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB). Mestre em Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Puc-Rio). Docente da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Docente do Programa de Pós-Graduação em Gestão, Educação e Tecnologias da UEG (Unidade Universitária de Luziânia)

Referências

ANDRADE. Tatiane Luiz. Políticas públicas para a formação continuada de professores no Município de Luziânia- Goiás. 2018. Trabalho de Conclusão (Especialização Lato Sensu em Docência e Gestão da Educação Superior – Presentificando a Interdisciplinaridade) – Universidade Estadual de Goiás, Unidade Universitária de Luziânia, Luziânia, 2018. Disponível em: https://www.gnuteca.ueg.br/. Acesso em: 14 maio 2021.

BORTONI-RICARDO, Stella Maris. O professor pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Brasília: Câmara dos deputados, 2017.

________ Plano Nacional de Educação PNE 2014-2024. Brasília: Câmara dos deputados, 2014.

_______ Decreto nº 6.755, de 29 de janeiro de 2009. Institui a Política Nacional de Formação de Profissionais do Magistério da Educação Básica. Brasília: Presidência da República, [2009]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/Decreto/D6755.htm. Acesso em: 08 jul. 2021.

GATTI, Bernadete Angelina. Análise das políticas públicas para formação continuada no Brasil na última década. Revista Brasileira de Educação, n. 37, p. 57-70, jan./abr. 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/vBFnySRRBJFSNFQ7gthybkH/?lang=pt. Acesso em: 15 de jun. 2021.

LUZIÂNIA. IBGE. Rio de Janeiro: 2021. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/go/luziania/panorama. Acesso em: 4 maio 2022.

LUZIÂNIA. Secretária Municipal de Educação de Luziânia. Plano Municipal de Educação PME 2015-2025. Luziânia: Secretária Municipal de Educação, 2015.

_________ Secretária Municipal de Educação de Luziânia. Requerimento n° 18. Formação acadêmica dos professores da rede municipal. Luziânia. Secretária Municipal de Educação, 2022.

LUZIÂNIA. Histórico da Universidade Estadual de Goiás. (2022). Posse: UEG, [201-]. Disponível em: http://www.posse.ueg.br/index.php/a-universidade/historico-da-universidade Acesso em: 21 ago. 2022.

VERDUM, Priscila de Lima. Formação continuada de professores da educação básica: políticas e práticas. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010. Disponível em: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3645. Acesso em: 24 maio 2021.

Downloads

Publicado

2023-09-30

Como Citar

DUARTE PORTO, M.; LUIZ ANDRADE, T.; DIAS TEIXEIRA, Z. DESAFIOS PARA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM NÍVEL STRICTO SENSU: UMA PESQUISA NO MUNICÍPIO DE LUZIÂNIA-GOIÁS: CHALLENGES FOR CONTINUOUS EDUCATION OF TEACHERS AT THE STRICT SENSU LEVEL: A RESEARCH IN THE MUNICIPALITY OF LUZIÂNIA-GO. Ponto de Vista Jurídico, Caçador (SC), Brasil, v. 12, n. 2, p. 111–127, 2023. DOI: 10.33362/juridico.v12i2.3093. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/juridico/article/view/3093. Acesso em: 13 jul. 2024.