DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA GESTÃO DE PESSOAS – ESTUDO EM EMPRESA CATARINENSE DO RAMO IMOBILIÁRIO

ORGANIZATIONAL DIAGNOSIS AS A STRATEGIC TOOL IN MANAGEMENT OF PEOPLE – STUDY IN CATARINIAN COMPANY OF BRANCH REAL STATE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v9i2.1731

Palavras-chave:

Diagnóstico Organizacional, Gestão Estratégica de Pessoas, Clima Organizacional, Motivação, Relações Interpessoais.

Resumo

A precedência de uma análise da situação organizacional interna é um requisito para realizar o planejamento de ações voltadas para a Gestão Estratégica de Pessoas que sustentem o atingimento da estratégia empresarial. Para tanto, as ferramentas de diagnóstico organizacional, como a proposta com Krausz (1994), são valiosas. Com base nesta constatação, surge o presente estudo com o objetivo de, através da aplicação da ferramenta citada, propor melhorias para os processos de Gestão de Pessoas de uma empresa de pequeno porte localizada na cidade de Caçador, Santa Catarina. Trata-se de uma pesquisa exploratória envolvendo a aplicação de um questionário (levantamento). Os resultados da aplicação da ferramenta demonstram a necessidade de atuação sobre aspectos como relacionamentos intra e interequipes, comunicação, liderança e clima organizacional, os quais são de significativa importância para garantir o comprometimento dos colaboradores com as metas organizacionais.

Palavras-chave: Diagnóstico Organizacional; Gestão Estratégica de Pessoas; Clima Organizacional; Motivação; Relações Interpessoais.

 

Abstract: The precedence of an analysis of the internal organizational situation is a requirement to carry out the planning of actions aimed for the People's Strategic Management, that sustain the achievement of the business strategy. To this objective, organizational diagnostic tools, such as the one proposed by Krausz (1994), are valuable. Based on this observation, the present study aims to propose improvements to the Personnel Management processes of a small company located in the city of Caçador, Santa Catarina, through the application of the mentioned tool. This is an exploratory survey involving the application of a questionnaire. The results of the application of the tool demonstrate the need to act on aspects, such as intra and intercompany relationships, communication, leadership and organizational climate, which have significant importance to guarantee the commitment of employees into organizational goals.

Keywords: Organizational Diagnosis; Strategic Management of People; Organizational Climate; Motivation; Relationships.

 

Biografia do Autor

Geneia Lucas dos Santos, UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE - UNIARP/UFRGS

Doutoranda em Administração - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) na linha de pesquisa de Gestão de Pessoas, Mestre em Administração de Empresas (Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL - Fpolis/SC); Graduada em Psicologia (Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP) e em Administração de Empresas (Universidade do Contestado - UnC Caçador/SC). Especializou-se em Administração de recursos humanos (UnC - Caçador) e em Dinâmica de grupo e gestão de equipes (Universidade do Oeste Catarinense - Unoesc Joaçaba/SC). Tem experiência profissional em gestão de pessoas, atuou principalmente nos subsistemas de recrutamento, seleção incluindo avaliações psicológicas, treinamento e desenvolvimento e como gestora de sistemas de qualidade em empresas privadas (RD - ISO 9001), auditorias de primeira e segunda parte (Lead auditor pela BVQI). Atualmente é Coordenadora do Núcleo de Psicologia e professora no ensino superior da UNIARP, ministrando disciplinas como Gestão de pessoas, Processos grupais, Psicologia organizacional, Metodologia e Trabalho de Conclusão de Curso - TCC; Ainda dentro da universidade exerce outras atividades como professora conteudista no ensino EaD/ Uniarp; Orientadora de TCC´s, projetos de pesquisa e de extensão (PAEC/ FAP). Atua como membro nos colegiados de Administração e Psicologia; membro titular do Conselho Universitário - CONSUN. Revisora de periódico - Revista Visão (Administração e Ciências Contábeis) e Revista RIES (Saúde). Membro da Associação do psicólogos de Caçador e Região - APSIC. Colaboradora voluntária do CRP 12.

Referências

BARINI FILHO, U. Políticas e diretrizes de RH. In: BOOG, Gustavo; BOOG, Madalena (Coord). Manual de gestão de pessoas e equipes: estratégias e tendências. São Paulo: Editora Gente, 2002.

BALZER, W; O’NEIL, D; VARNEY, G. H. Organizational Diagnosis: An Evidence-based Approach. Journal of Change Management, v. 13 (2), 223–246, 2013.

BIANCHI, E. M. P. G.; QUISHIDA, A.; FORONI, P. G. Atuação do líder na gestão estratégica de pessoas: Reflexões, lacunas e oportunidades. RAC - Revista de Administração Contemporânea, v. 21, n. 1, 2017.

BOXALL, P.; PURCELL, J. Strategy and Human Resource Management. 2nd edition. New York: Palgrave, 2003.

CANÇADO, V. L. et al. Revisitando as Quatro Faces da Gestão de Recursos Humanos. In: ENCONTRO DA ANPAD. Anais...Rio de Janeiro. Vol. 41, p. 1–17, 2017.

ERIKSSON, T; ORTEGA, J. The Adoption of Job Rotation: Testing the Theories. ILR Review, v. 59 (4), pp. 653 – 666, 2006.

FISCHER, A. L. Um resgate conceitual e histórico dos modelos de gestão de pessoas. In: FLEURY, Maria T. (org). As pessoas na organização. São Paulo: Ed. Gente, 2002.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GOULART JÚNIOR, E. O diagnóstico organizacional como uma ação estratégica de gestão de pessoas. Caderno de Administração (UEM), v.22, p. 66-83, 2014.

KRAUSZ, R. R. Diagnóstico Organizacional: forma I e forma II. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1994.

LIMONGI FRANÇA, A. C. Práticas de Recursos Humanos – PRH: conceitos, ferramentas e procedimentos. 1 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MOREIRA, E. G. Diagnóstico Empresarial. Curitiba: IESDE Brasil S.A., 2010.

RÉ, C. A e RÉ, M. A. Processos do sistema de gestão de pessoas. In: BITENCOURT, C. Gestão contemporânea de pessoas: novas práticas, conceitos tradicionais. 2ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

SILVA, C. C.; LEITE, N. R. P.; RODRIGUES, L. C. Gestão estratégica de pessoas e comprometimento organizacional em organizações hospitalares. Revista de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, v. 9, n. 2, 2016.

ULRICH, D. Campeões de Recursos Humanos. SP: Futura, 1998.

VALOR ECONÔMICO, 2/6/2017 – “Firezap: Em maio, imóveis têm a maior redução mensal desde 2012” – Chiara Quintão

Downloads

Publicado

2020-12-18

Como Citar

LUCAS DOS SANTOS, G.; PRÁ, R.; PEREIRA MORAES, J.; DA SILVA, M. DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA NA GESTÃO DE PESSOAS – ESTUDO EM EMPRESA CATARINENSE DO RAMO IMOBILIÁRIO: ORGANIZATIONAL DIAGNOSIS AS A STRATEGIC TOOL IN MANAGEMENT OF PEOPLE – STUDY IN CATARINIAN COMPANY OF BRANCH REAL STATE. Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador (SC), Brasil, v. 9, n. 2, p. 155-167, 2020. DOI: 10.33362/visao.v9i2.1731. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/1731. Acesso em: 8 maio. 2021.

Edição

Seção

Artigos