EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO TRANSNACIONAL NA AMÉRICA LATINA

ASPECTOS HISTÓRICOS

Autores

  • Adelcio Machado dos Santos Universidade Alto Vale do Rio do Peixe
  • Nelson Felix Imhof
  • Ruana Wieser
  • Jaqueline Carneiro Santos
  • Joel Haroldo Baade

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v9i1.2399

Resumo

O enfoque está direcionado às questões da educação em contexto de integração transnacional, colimando que o processo de integração não abrange somente as dimensões comerciais e econômicas, mas também os aspectos sociais, políticos, educacionais e culturais. O setor educacional do Mercosul engloba diversos programas, subprogramas e linhas de ação. A criação de uma Zona de Livre Comércio e de uma União Aduaneira entre Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, iniciada a partir do Tratado de Assunção, de 1991, indicou a conformação de um território econômico comum entre os países envolvidos e ajuste dos sistemas educacionais existentes em decorrência da formação de profissionais qualificados que deveriam ser o baluarte da desejada evolução competitiva e independência desses países. A partir disto, iniciou-se uma série de acordos para adequação dos sistemas educativos dos países do Cone Sul, visto que a qualidade do sistema educacional se tornou um fator importante para a prosperidade econômica de todos os países. Contudo, passados 29 anos, constata-se avanços e retrocessos que impediram o deslanche dos projetos inicialmente traçados.

Palavras-Chave: Educação. Mercosul. Integração. Transnacionalidade.

 

TRANSNATIONAL EDUCATION AND INTEGRATION IN LATIN AMERICA: HISTORICAL ASPECTS

Abstract: The focus is on education issues in the context of transnational integration, with the result that the integration process does not only cover the commercial and economic dimensions, but also the social, political, educational and cultural aspects. The Mercosul educational sector includes several programs, subprograms and lines of action. The creation of a Free Trade Zone and a Customs Union between Argentina, Brazil, Paraguay and Uruguay, initiated after the 1991 Treaty of Asunción, indicated the formation of a common economic territory between the countries involved and the adjustment of educational systems existing due to the training of qualified professionals who should be the bulwark of the desired competitive evolution and independence of these countries. From this, a series of agreements was initiated to adapt the educational systems of the countries of the Southern Cone, since the quality of the educational system has become an important factor for the economic prosperity of all countries. However, after 29 years, there are advances and setbacks that prevented the development of the projects initially planned.

Keywords: Education. Mercosur. Integration. Transnationality.

Downloads

Publicado

2020-10-09

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>