A ROTATIVIDADE DOCENTE EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO: realidade preocupante

TEACHER TURNOVER IN A FEDERAL TEACHING INSTITUTION: A WORRYING REALITY

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v11i1.2677

Palavras-chave:

Rotatividade. Professores. Instituição de Ensino.

Resumo

Em qualquer ambiente organizacional, público ou privado, a rotatividade de pessoal é uma questão que merece um monitoramento contínuo, pois muito elevada ou quase inexistente, pode trazer transtornos para a organização. O objetivo deste estudo é pesquisar a rotatividade de professores em uma Instituição Federal de Ensino (IFE). Do ponto de vista de sua natureza, a pesquisa se classifica como aplicada. No que se refere a abordagem do problema, foi utilizado o método quantitativo. A técnica empregada para a coleta dos dados foi a pesquisa documental. Foram analisadas portarias, atos de nomeações, exonerações e aposentadorias, no período de 2015 a 2019. Identificou-se, que a rotatividade nos últimos cinco anos na IFE é muito alta, considerando que a instituição tem um quadro de 47 docentes e 50 se desligaram do campus nos últimos cinco anos, chegando a 107,44%. Portanto, sugere-se que a instituição adote, urgentemente, medidas para reduzir tal índice, pois, prejudica os resultados organizacionais, tanto em termos administrativos como em termos acadêmicos, o que é preocupante.

Palavras-Chave: Rotatividade. Professores. Instituição de Ensino.

 

Abstract: In any organizational environment, whether in a public or private institution, staff turnover is an issue that deserves continuous monitoring, because when it is too high, it brings a series of inconveniences to the organization. The general objective of this study is to research the turnover of teachers in a federal educational institution. From the point of view of its nature, the research is classified as applied. Regarding the approach to the problem, the quantitative method was used. The technique used for data collection was documentary research. Ordinances, acts of appointments, dismissals and pensions were analyzed in the period from 2015 to 2019. It was identified that the turnover in the last five years at IFE is very high, considering that the institution has a staff of 47 teachers and 50 have left the campus in the last five years, reaching 107.44%. Therefore, it is suggested that the institution urgently adopt measures to reduce this index, as it affects organizational results, both in administrative and academic terms, which is worrying.

Keywords: Turnover. Professors. Educational Institution.

Biografia do Autor

Florisvaldo Cunha Cavalcante Junior, Instituto Federal da Bahia - IFBA

Mestre em Controladoria pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE (2018), com linha de atuação em Estratégia, Desempenho e Controle.

Tania Nobre Gonçalves Ferreira Amorim, Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE

Doutora em Administração em Estratégias Empresariais pela UFPB. Mestre em Administração Rural e Comunicação Rural pela UFRPE. Graduada em Administração pela UFPE. Professora Associada da UFRPE

Referências

AGAPITO, P. R.; POLIZZI, A. P. F.; SIQUEIRA, M. M. M. Bem-estar no trabalho e percepção de sucesso na carreira como antecedentes de intenção de rotatividade. Revista de Administração Mackenzie, v. 16, n. 6, Edição Especial, p. 71-93, 2015.

AZEVEDO, R. R.; LINO, A. F.; DINIZ, J. A. Efeitos da Rotatividade de Pessoal sobre Práticas das Equipes de Contabilidade em Municípios. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 13, n. 2, p. 1-14, 2019.

BEUREN, I. M. (organizadora). Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: Teoria e Prática. São Paulo: Atlas, 2003.

BORGES, C. Curso Avançado de Direito Administrativo. Disponível em: <https://docplayer.com.br/6636121-Curso-avancado-de-direito-administrativo-em-exercicios-profo-cyonil-borges.html>. Acesso em 01 abr. 2020.

BRASIL. Diário Oficial da União. Secretaria-Geral da Presidência da República. Imprensa Nacional. Seção 2: Atos de Pessoal. Disponível em: <http://www.in.gov.br/web/guest/inicio>. Acesso em 01 abr. 2020.

BRASIL. Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8112cons.htm>. Acesso em 01 abr. 2020.

BRASIL. Lei n. 12.772, de 28 de dezembro de 2012. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; sobre a Carreira do Magistério Superior. Disponível em Disponível em: . Acesso em: 04 abr, 2020.

BRASIL. Medida Provisória n. 614, de 14 de maio de 2013. Que dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal. Disponível em: . Acesso em: 04 abr, 2020.

BUSHMAN, R.; DAI, Z.; WANG, X. Risk and CEO turnover. Journal of Financial Economics, v. 96, n. 3, p. 381-398, 2010.

CAMPOS, C. V. de A.; MALIK, A. M. Satisfação no trabalho e rotatividade dos médicos do Programa de Saúde da Família. Revista de Administração Pública – RAP, Rio de Janeiro, v. 42, n. 2, p. 347-368, mar./abr. 2008.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R. da. Metodologia científica. 6. Ed., São Paulo: Prentice Hall, 2007.

CHIAVENATO, I. Gestão de Pessoas: O novo papel do talento humano. 5. Ed., São Paulo: Atlas, 2020.

CHEUNG, W. J.; JACKSON, A. B. Chief Executive Officer departures and market uncertainty. Australian Journal of Management, v. 38, n. 2, 279-310, 2012.

DIÓGENES, L.; PASCHOAL, T.; NEIVA, E.R.; MENESES, P. P. M. Intenção de rotatividade e percepção de suporte organizacional em um órgão público federal. Revista do Serviço Público, v. 67, n. 2., 2016.

ECKERT, A.; MECCA, M. S.; DENICOL, M. S. G. M.; GIACOMET, M. O. As motivações e os reflexos do turnover em termos contábeis e econômicos numa entidade sem fins lucrativos do município gaúcho de Caxias do Sul. XIII CONVENÇÃO DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL. Anais... Caxias do Sul, 2011.

FAUSTO, F. As consequências da Rotatividade de Pessoal. GP Portal. Disponível em: <http://www.gpportal.com.br/2013/08/as-consequencias-da-rotatividade-de.html>. Acesso em 01 abr. 2020.

FERREIRA, P. C.; NEIVA, E. R. Antecedents of Turnover in Federal Public Administration. Revista de Administração, v. 53, n. 3, p. 366-384, 2018.

FORTES TECNOLOGIA. Cálculo de turnover: como saber se sua empresa está indo bem? 2019. Disponível em: < https://blog.fortestecnologia.com.br/calculo-de-turnover/> . Acesso em 01 abr. 2020.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 220p. 2008.

IFTM. Remoção e Redistribuição: Entenda quando é possível a transferência de servidores entre unidades da mesma instituição ou entre instituições diferentes. Disponível em: <https://iftm.edu.br/dgpinfo/informativos/remocao-redistribuicao.html>. Acesso em 01 abr. 2020.

KAUARK, F. S.; MANHÃES, F. C.; MEDEIROS, C. H.. Metodologia da pesquisa: um guia prático. Itabuna: Via Litterarum Editora, 2010.

LUZ, M.; AULER, D. P. Rotatividade de pessoal em prestadores de serviços: um estudo de caso em uma associação desportiva. Revista Eletrônica Gestão e Serviços, v. 6, n. 1, p. 1058-1083, 2015.

MATOS, R. M.; COLAUTO, R. D. Justificativas do Turnover de Ceos: Estudo em Companhias Brasileiras Investidas por Fundos de Pensão. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 11, n. 30, p. 24-35, 2017.

PARANAÍBA, N. F. Satisfação no trabalho e intenção de rotatividade de servidores das carreiras de uma autarquia federal. In: Camões, M.R.S.; Fonseca, D.R.; Porto (Eds), Estudos Em Gestão de Pessoas No Serviço Público, ENAP, Brasília, 2014.

PATIAS, T. Z.; WITTMANN, M. L.; LISZBINSKI, B. B.; BALESTRERI, A. S.; COSTA, C. F. Custos da rotatividade de pessoal: evidências no setor de supermercados. RACE: Revista de Administração, Contabilidade e Economia, v. 14, n. 1, p. 143-170, 2015.

NOGUEIRA, F. A. Continuidade e Descontinuidade Administrativa em Governos Locais: Fatores que sustentam a ação pública ao longo dos anos. Dissertação de Mestrado. São Paulo: Fundação Getúlio Vargas. 2006.

ONGORI, H. A review of the literature on employee turnover. African Journal of Business Management, v. 1, n. 2, p. 49-54, 2007.

OLIVEIRA, T. F. Rotatividade De Pessoal – Turnover. RH Portal. 2015. Disponível em: <https://www.rhportal.com.br/artigos-rh/rotatividade-de-pessoal-turnover/>. Acesso em 01 abr. 2020.

PEREIRA, D. A.; ZIERO, J. G. Uma nota sobre a rotatividade da mão-de-obra do setor privado brasileiro. Revista de Economia e Administração. v. 12, n. 1, p. 132-148. 2013.

PINHO, A. P. M.; BASTOS, A. V. B.; ROWE, D. E. O. Diferentes vínculos organizacionais: explorando concepções, fatores organizacionais antecedentes e práticas de gestão. Organizações & Sociedade. v. 22, n. 75, p. 659-680, out./dez., 2015.

RECKTENWALD, A.; PAULA, G.; CARVALHO, L. Conflito de Gerações e o Impacto na Rotatividade de Pessoal no Setor de Embalagens de Empresa do Ramo Lácteo. Revista de Carreiras e Pessoas, v. 7, n. 2, p. 496-510, 2017.

REGINALDO, T; TARTARI, J. S.; LIRA, W. J. Imagens arquetípicas na gestão de pessoas. Navus – Revista de Gestão e Tecnologia, v. 6, n. 1, p. 06-16, jan./mar., 2016.

ROBBINS, S. P.; JUDGE, T. A.; SOBRAL, F. Comportamento organizacional. Teoria e prática no contexto brasileiro. 14. ed., São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.

SANCHO, Leyla Gomes; CARMO, Juliana Martins do; SANCHO, Rafael Gomes; BAHIA, Ligia. Rotatividade na força de trabalho da rede municipal de saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais: um estudo de caso. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 9, n. 3, p. 431- 447, 2011.

STEEL, R. P.; LOUNSBURY, J. W. Turnover process models: Review and synthesis of a conceptual literature. Human Resource Management Review, v. 19, p. 271-282, 2009.

SEIDL, J.; BORGES-ANDRADE, J. E.; NEIVA, E. R. Rotatividade: Análise de Vinte Anos da Produção Científica Brasileira. Revista de Administração FACES Journal, v. 18, n. 2, p. 44-64, 2019.

SIQUEIRA, W. R.; ALVES, L. C. F. Rotatividade de Professores Universitários: o Caso de um Campus Fora da Sede. Revista de Administração, Contabilidade e Economia da FUNDACE, v. 7, n. 2, p. 94-107, 2016.

SIQUEIRA, W. R.; TAVARES, R. F.; BUENO, M.; BA, S. A. C. Rotatividade de servidores públicos: estudo realizado em um campus universitário do interior de Goiás. In: ENCONTRO NACIONAL DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - ENANGRAD, 2012, Bento Gonçalves. Anais... Rio de Janeiro: ANGRAD, 2012.

SILVA, C. A importância da Gestão de Pessoas para os colaboradores. 2017. Administradores. Disponível em: < https://administradores.com.br/artigos/a-importancia-da-gestao-de-pessoas-para-as-colaboradores>. Acesso em 01 abr. 2020.

SILVA, Glenio Luiz da Rosa e. Controle do turnover: como prevenir e demitir com responsabilidade. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2001.

TORRES, R. V. B. S. Rotatividade no Poder Executivo Federal: uma análise das intenções de sair e de permanecer dos servidores comissionados. Dissertação (mestrado), Universidade de Brasília, 2015.

Downloads

Publicado

2022-02-17

Como Citar

CAVALCANTE JUNIOR, F. C.; AMORIM, T. N. G. F. . A ROTATIVIDADE DOCENTE EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO: realidade preocupante: TEACHER TURNOVER IN A FEDERAL TEACHING INSTITUTION: A WORRYING REALITY. Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador (SC), Brasil, v. 11, n. 1, p. 1-17, 2022. DOI: 10.33362/visao.v11i1.2677. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/2677. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos