GESTÃO PARA A FORMAÇÃO DE INDIVÍDUOS CRIATIVOS E INOVADORES EM AMBIENTES CORPORATIVOS

MANAGEMENT STRATEGIES FOCUSED ON TRAINING CREATIVE AND INNOVATIVE INDIVIDUALS IN CORPORATE ENVIRONMENTS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v12i2.3177

Palavras-chave:

Criatividade, Estratégias de gestão, Formação, Ambientes organizacionais

Resumo

Este artigo objetiva abordar, por meio de investigação, estratégias de gestão aplicadas à formação e à potencialização de indivíduos criativos e inovadores nos ambientes organizacionais. Através de uma revisão sistemática da literatura e análise de estudos de caso, identificaram-se as melhores práticas e recomendações para promover a criatividade e a inovação nas empresas. Além disso, analisaram-se os impactos dessas estratégias na potencialização do indivíduo criativo e inovador. Como resultado, propuseram-se recomendações práticas para a implementação eficaz dessas estratégias, visando a melhorar o desempenho organizacional e a competitividade no mercado. Este estudo contribui para a área de gestão ao fornecer um panorama atualizado e embasado cientificamente sobre o tema, auxiliando gestores e líderes empresariais na formação de equipes criativas e inovadoras.

Palavras-chave: Criatividade. Estratégias de gestão. Formação. Ambientes organizacionais.

 

Abstract: This article aims to investigate management strategies applied to the development and empowerment of creative and innovative individuals in organizational environments. Through a systematic review of the literature and analysis of case studies, the best practices and recommendations for promoting creativity and innovation in companies have been identified. Additionally, the impacts of these strategies on the empowerment of creative and innovative individuals have been analyzed. As a result, practical recommendations for the effective implementation of these strategies have been proposed, aiming to improve organizational performance and competitiveness in the market. This study contributes to the field of management by providing an updated and scientifically grounded overview of the topic, assisting managers and business leaders in developing creative and innovative teams.

Keywords: Creativity, Management strategies, Formation, Organizational environments.

Biografia do Autor

Sibeli Liziane Drozdek Contesini, UnC

Mestranda em Administração pela Universidade do Contestado –UnC.

Cleonice Witt, UnC

Doutora em Ciências Contábeis e Administração. Professora na Universidade do Contestado-UnC.

Referências

AMBRÓSIO, Ana Paula Santana. 11 Passos para um Modelo de Gestão voltado à Criatividade e Inovação. Bay Metrics. 2019. Disponível em: https://www.baymetrics.com.br/11-passos-para-um-modelo-de-gestao-voltado-a-criatividade-e-inovacao/. Acesso em: 11/06/2023.

BARCELOS, X.; RIOS, T. Gestão Criativa: Gerenciamento de Colaboradores. Gestão da Criatividade e Inovação, v. 26, n. 343, p. 974-983, 2017.

BRANDÃO, J.; HADAN, G.; MATOS, M. J. Inovação na Gestão. Revista da Academia de Gestão, [s.I.], v. 11, n. 14, p. 825-845, 2018.

CARNEIRO, Luiz Barbosa. Criatividade e Inovação: diferença e dicas para estimular. PUCPR. 2021. Disponível em: https://ead.pucpr.br/blog/criatividade-e-inovacao. Acesso em: 11/06/2023.

CARVALHO, Luís Felipe. Gestão da inovação: o que é, cases e estratégias. AeVo. Gestão da Informação. Online. Disponível em: https://blog.aevo.com.br/gestao-da-inovacao//. Acesso em: 11/06/2023.

CRAVO, João Aurélio. Capitalismo, Socialismo e Democracia. São Paulo, Editora: Salinas 2018.

DENZIN, Norman K.; LINCOLN, Yvonna S. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Porto Alegre: Artmed, 2018.

GURGEL, Marcos Freire. Criatividade & Inovação: Uma Proposta de Gestão da Criatividade para o Desenvolvimento da Inovação. Dissertação. Pós-Graduação De Engenharia Da Universidade Federal Do Rio De Janeiro. Rio de Janeiro. 2016. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/1751677/mod_resource/content/1/Criatividade_e_Inovacao_-_Marcus_Gurgel_-_COPPE_2006.pdf. Acesso em: 11/06/2023.

LUCOSA, Camila Brandt. Política Tecnológica e Desempenho Econômico. São Paulo, Editora: Roda Viva. 2017.

LUZ, G.; SERRA, J. A Estetização do Mundo Moderno: Capitalismo Criativo. Revista Companhia das Letras, v. 26, n. 142, p. 129-137, 2015.

MARTINS, Wladmir. Criatividade e inovação nas empresas: como e aplica na liderança. Opus Human. 2020. Disponível em: https://www.opushuman.com.br/blog/criatividade-e-inovacao-nas-empresas/. Acesso em: 11/06/2023.

RAMOS, S.; GADELHA, D. C. Como a heterogeneidade do conhecimento aumenta o desempenho e a inovação. Jornal de Gestão Estratégica, v. 45, n. 16, p. 441-462, 2016.

SIERRA, S.; WILSON, F. Trabalhando nas Indústrias Criativas. Gestão Estratégica. Rio de Janeiro. Passo Fundo, 2020.

SILVA, D.; SIMON, F. O. (2005). Abordagem quantitativa de análise de dados de pesquisa: construção e validação de escala de atitude. Cadernos do CERU, 2(16), 11-27.

TINO, D. J.; PASSANO, G.; SOUZA, A. Dinâmicas voltadas à Gestão Estratégica. Jornal de Gestão Estratégica, v. 48, n. 27, p. 709-733, 2019.

Downloads

Publicado

2023-12-01

Como Citar

DROZDEK CONTESINI, S. L.; WITT, C. GESTÃO PARA A FORMAÇÃO DE INDIVÍDUOS CRIATIVOS E INOVADORES EM AMBIENTES CORPORATIVOS: MANAGEMENT STRATEGIES FOCUSED ON TRAINING CREATIVE AND INNOVATIVE INDIVIDUALS IN CORPORATE ENVIRONMENTS. Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador (SC), Brasil, v. 12, n. 2, p. e3177-e3177, 2023. DOI: 10.33362/visao.v12i2.3177. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/3177. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Ética Profissional e Compliance