QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA INDUSTRIAL DE PEQUENO PORTE DO OESTE DE SANTA CATARINA

QUALITY OF LIFE AT WORK: A CASE STUDY IN A SMALL INDUSTRIAL COMPANY IN THE WEST OF SANTA CATARINA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v12i2.3092

Palavras-chave:

Qualidade de vida, Trabalho, Produtividade

Resumo

Cada vez mais, as organizações reconhecem que podem competir e distinguir-se haja vista seus trabalhadores. Nesse contexto, estimulá-los torna-se prioridade. Assim, a presente pesquisa busca analisar os indicadores da qualidade de vida no trabalho em uma empresa industrial de pequeno porte. Para isso, descreve-se a rotina de trabalho do setor produtivo em estudo; descreve-se o perfil dos trabalhadores; analisam-se os indicadores de qualidade de vida no trabalho; e propõem-se ações que melhorem a produtividade. Metodologicamente, o presente estudo de caso é de natureza qualitativa, quantitativa e descritiva. A coleta de dados se baseia em entrevista semiestruturada e em aplicação de questionário junto 20 trabalhadores. Os resultados mostram ser possível melhorar a qualidade de vida no trabalho e a produtividade dos trabalhadores através do reconhecimento de esforços individuais e coletivos, incentivo à prática de hábitos saudáveis, flexibilização de horários,  investimento em qualificação profissional, promoção de eventos para conscientização acerca da importância das práticas que evitam acidentes e doenças ocupacionais, inserção de ginástica laboral, divulgação de mensagens de otimismo e avaliação acerca de outras formas de recompensas financeiras.

Palavras-Chave: Qualidade de vida. Trabalho. Produtividade.

 

Abstract: Increasingly, organizations recognize that they can compete, distinguishing by the competent employees. In this context, encouraging them becomes a priority. Therefore, the present research seeks to analyze the indicators of quality of life at work in a small industrial company. The specific objectives are: To describe the work routine of the productive sector under study; Describe the profile of employees; analyze quality of life indicators at work; and Propose actions that improve the productivity. Methodologically, the present case study is qualitative, quantitative and descriptive. Data collection is based on semi-structured interviews and application of a questionnaire with twenty employees. The results show that it is possible to improve the quality of life at work and the productivity of the employees, through the recognition of individual and collective efforts, encouraging the practice of healthy eating habits, flexible schedules when necessary, investments in greater professional qualification, promotion of events to raise awareness about the importance of practices that prevent accidents and occupational diseases, insertion of labor gymnastics, dissemination of messages of optimism and evaluation of other forms of financial rewards.

Keywords: Quality of life. Job. Productivity.

Biografia do Autor

Sandra Mara Bragagnolo, Uniarp

Mestre em Desenvolvimento e Sociedade. Coordenadora dos cursos de Administração da Uniarp, nos campi de Caçador e de Fraiburgo. Integrante do Grupo de Pesquisa em Ética, Cidadania e Sustentabilidade. Docente no programa de Pós-Graduação Lato Sensu e na Graduação dos Cursos de Administração e Ciências Contábeis, da Uniarp. Professora tutora e autora do material didático da disciplina de Comunicação e Expressão. Tutora de disciplinas e Projetos Integradores de cursos ofertados na modalidade 100% a distância.

Jaine da Rocha Cordeiro, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe-Uniarp

Acadêmica do Curso de Administração. Universidade Alto Vale do Rio do Peixe-Uniarp.

Referências

ARAGÃO, A. S. M.; MARANHÃO, T. L. G. Reconhecimento profissional e motivação nas empresas: revisão sistemática da literatura. Id on Line [eletrônica], DOI: 10.14295/idonline.v14i51.2616. 2020. Disponível em: file:///home/chronos/u-e5f1ef3761f4e10c4598b66a805a0308947e8074/MyFiles/Downloads/2616-10592-1-PB%20(1).pdf. Acesso em: 11 abr. 2022.

ARAÚJO, M. da P. N.; COSTA-SOUZA, J.; TRAD, L. A. B. A alimentação do trabalhador no Brasil: um resgate da produção científica nacional. Análise: História, Ciências, Saúde. Manguinhos [online]. 2010, v. 17, n. 4 [Acessado 25 Julho 2022], pp. 975-992. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-59702010000400008. Epub 14 Jan 2011. ISSN 1678-4758. https://doi.org/10.1590/S0104-59702010000400008.

ARAUJO, R. N. de. Exposição ao ruído como um dos riscos ocupacionais aos trabalhadores de oficinas e metalúrgicas. 2022. 21f. Monografia (Pós Graduação em Higiene Ocupacional) - Instituto Federal da Paraíba, Patos, 2022. Disponível em: https://repositorio.ifpb.edu.br/bitstream/177683/1875/1/TCC_RIVANA%20NOBREGA%20DE%20ARAUJO.pdf. Acesso em: 27 jun. 2022.

BARBOSA, A. de L. A arte de liderar: o papel do líder na gestão de conflitos. São Paulo: Igarassu, 2015.

BARBOSA, R. P. Segurança no trabalho: guia prático e didático. São Paulo: Saraiva, 2018.

BARREN A. P. de; JACOB, I.C; MENDONÇA. S. A. T de. Qualidade de vida no trabalho: um estudo sobre o ambiente organizacional moderno. Fateb Científica, Birigui, v. 1, n. 1, p. 12-30, jul./dez., 2017. Disponível em: https://www.fateb.br/fateb.cientifica/downloads/1a_edicao/artigos/001_qualidade_de_vida_no_trabalho.pdf. Acesso em: 06 abr. 2022.

BATIZ, E.C.; SANTOS, A. F. dos.; LICEA, O. E. A. A postura no trabalho dos operadores de checkout de supermercados: uma necessidade constante de análises. Revista Produção [eletrônica], DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-65132009000100012. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/prod/a/MjrB5K4wdr7BYscH6PZ6rLG/?lang=pt. Acesso em: 10 mar. 2022.

BRITO, F. de S.; MAGALHÃES, M. de O. Estilos de liderança preferidos por trabalhadores em diferentes ambientes ocupacionais. Pepsic [eletrônica], DOI: http://dx.doi.org/10.17652/rpot/2018.3.13731. 2018. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-66572018000300006. Acesso em: 27 jun. 2022.

CAMARGO, E. F. et al. Qualidade de vida no trabalho em diferentes áreas de atuação profissional em um hospital. Revista Ciência e Saúde Coletiva [eletrônica], DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232021264.02122019. 2021. Disponível em: https://scielosp.org/article/csc/2021.v26n4/1467-1476/. Acesso em: 18 mar. 2022.

CAMPOS, C. G. et al. Conhecimento de adolescentes acerca dos benefícios do exercício físico para a saúde mental. Revista Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 24, n. 8, p. 2951- 2958, ago. 2019. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csc/2019.v24n8/2951-2958/. Acesso em: 17 jun. 2022.

CHIAVENATO, I. Administração de Recursos Humanos: fundamentos básicos. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

CLAUDINO, D. T. F. et al. O impacto de programas de Qualidade de Vida no Trabalho em tempos de crise. Research, Society and Development [eletrônica], DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i17.24881. 2021. Disponível em: file:///home/chronos/u-e5f1ef3761f4e10c4598b66a805a0308947e8074/MyFiles/Downloads/24881-Article-290317-1-10-20211227%20(1).pdf. Acesso em: 12 abr. 2022.

DEMO, G.; FOGAÇA, N.; COSTA, A. C. Políticas e práticas de gestão de pessoas nas organizações: cenário da produção nacional de primeira linha e agenda de pesquisa. Cadernos EBAPE.BR [eletrônica], DOI: https://doi.org/10.1590/1679-395159073. 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cebape/a/Vd5NXgf7yTLdmpWG5ry8vyd/?lang=pt. Acesso em: 29 mar. 2022.

FERREIRA, M. C. Qualidade de vida no trabalho: uma abordagem centrada no olhar dos trabalhadores. 3. ed. Brasília: Edições Ler, Pensar, Agir, 2011. Disponível em: http://ergopublic.com.br/arquivos/1359392512.36-arquivo.pdf. Acesso em: 12 mar. 2022.

GRAMIGNA, M. R. Modelo de competência e gestão dos talentos. São Paulo: Makron Books, 2002.

GRANATO, L. Os países com as semanas de trabalho mais longas (o Brasil está na lista). Exame. 2019. Disponível em: https://exame.com/carreira/os-paises-com-as-semanas-de-trabalho-mais-longas-o-brasil-esta-na-lista/. Acesso em: 12 abr. 2022.

HERZBERG, F. Novamente: como se faz para motivar funcionários? 2. ed. São Paulo: Atlas, 1997.

HIPÓLITO, M. C. V. Qualidade de vida no trabalho. Revista Brasileira de Enfermagem [eletrônica], DOI: http://dx.doi.org/ 10.1590/0034-7167-2015-0069. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reben/a/BxsFxTtvZdJjMtv4hdXC5Yx/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 12 abr. 2022.

JANUÁRIO, T. de S. Avaliação de indicadores que contribuem para a qualidade de vida e desempenho acadêmico de estudantes do Curso de Fisioterapia. 2019. 31f. Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Fisioterapia - Universidade Federal de Santa Catarina, Araranguá, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/202833/TCC%20artigo.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 17 jun. 2022.

KLAUCK, Z. (Org.). RH e o novo normal nas organizações. Porto Alegre: Totalbooks, 2021.

KLEIN, L. L.; PEREIRA, B. A.; LEMOS, R. B. Qualidade de vida no trabalho: parâmetros e avaliação do serviço público. Revista de Administração Mackenzie [eletrônica], DOI: 10.1590/1678-6971/eRAMG190134. 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ram/a/V8HdXZYdMG9f6r8h5mCNs4g/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 12 abr. 2022.

KNAPIK, J. Gestão de pessoas e talentos. Curitiba: InterSaberes, 2012.

KRESSLER, H. H. Motivar e recompensar. Nova Iorque: Palgrave MacMillan, 2003.

LIMONGI-FRANÇA, A. C. Qualidade de vida no trabalho - QVT: conceitos e práticas as empresas da sociedade pós-industrial. São Paulo: Atlas, 2010.

LIZ, C. M.; ANDRADE, A. Análise qualitativa dos motivos de adesão e desistência da musculação em academias. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 38, n. 3, p. 267-274, dez. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-32892016000300267&script=sci_abstract&tlng=ptl. Acesso em: 17 jun. 2022.

MACEDO, J. de A. Gestão de Pessoas e Produtividade: benefícios para a organização. 2019. 58 f. Monografia (Curso Engenharia de Produção), Universidade Candido Mendes, Niterói, 2019. Disponível em: https://www.candidomendes.edu.br/wp-content/uploads/2019/10/GESTA%CC%83O-DE-PESSOAS-E-PRODUTIVIDADE.pdf. Acesso em: 01 abr. 2022.

MACHADO, P. R. S. et al. A qualidade de vida no trabalho como estratégia de gestão de pessoas: o caso de uma indústria gráfica de Santa Catarina. Sistemas e Gestão, Niterói, v. 13, n. 4, p. 532-540, ago./dez. 2018. Disponível em: https://www.revistasg.uff.br/sg/article/view/1451/html. Acesso em: 12 abr. 2022.

MARQUES, R. C. M. Qualidade de vida no trabalho: o olhar dos trabalhadores de uma empresa pública federal. 2018. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Gestão Pública), Escola Nacional de Administração Pública, Brasília, 2019. Disponível em: https://repositorio.enap.gov.br/bitstream/1/3448/1/Rosa%20Cristina%20Mota%20Marques%20-%20TCC%20-%20EGP%2011%20-%20GEP.pdf. Acesso em: 08 abr. 2022.

MATOS, M. A. Diagnóstico da Segurança do Trabalho em marcenarias da região de Aracaju/SE. 2017. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Departamento de Ciências Florestais), Universidade Federal do Sergipe, São Cristóvão, 2017. Disponível em: https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/10299/2/Maisa_Araujo_Matos.pdf. Acesso em: 27 jun. 2022.

MIRANDA, F. M. de; ALVARES, P. L.; PETRONI, C. E. G. A influência das ações educativas na gestão de pessoas das instituições de Saúde. Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador, v. 8, n. 2, p. 29-45, jul./dez, 2019. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/1965/1044. Acesso em: 01 abr. 2022.

MUSMAN, S. A importância de um sono de qualidade no mundo do trabalho. Saúde Plena, 2020. Disponível em: https://www.uai.com.br/app/noticia/saude/colunistas/silvio-musman/2020/06/03/noticias-saude,259044/a-importancia-de-um-sono-de-qualidade-no-mundo-do-trabalho.shtml. Acesso em: 17 jun. 2022.

PAULA, V. V.; NOGUEIRA, G. de M. A importância da área de gestão de pessoas para o sucesso da organização. INOVARSE. VII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III Inovarse - Responsabilidade Social Aplicada, set. 2016. Disponível em: https://www.inovarse.org/sites/default/files/T16_047.pdf. Acesso em: 29 mar. 2022.

PINHATTI, E. D. G. et al. Job rotation of nursing professionals among the sectors of a hospital: a management tool in conflict resolution. Texto & Contexto - Enfermagem [online]. 2017, v. 26, n. 02 [Acessado 25 Julho 2022], e1180015. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/0104-07072017001180015>. Epub 26 Jun 2017. ISSN 1980-265X. https://doi.org/10.1590/0104-07072017001180015.

PONTELLO, F. S. S.; GOSLING, M. de S.; MACEDO, S. B. Qualidade percebida, satisfação e recomendação de serviços em equipamentos odontológicos. Suma de Negócios [eletrônica], DOI: https://doi.org/10.1016/j.sumneg.2017.08.001. 2018. Disponível em: http://www.scielo.org.co/pdf/sdn/v8n18/2027-5692-sdn-8-18-122.pdf. Acesso em: 30 jun. 2022.

PRADO, J. de M. do. Qualidade de vida de profissionais de Enfermagem em contexto de emergência. 2020. 106 f. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Escola de Ciências Sociais e da Saúde, Goiânia, 2020. Disponível em: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/bitstream/tede/4472/2/J%C3%A9ssica%20de%20Macedo%20do%20Prado.pdf. Acesso em: 12 abr. 2022.

ROTH, C. W. Qualidade e Produtividade. 3. ed. Santa Maria: Colégio Técnico Industrial, 2011.

SAMPAIO, J. F. M. Motivação: os fatores motivacionais que influenciam para o serviço oferecido pelos professores da rede pública de Patos-PB. 2014. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Administração), Universidade Estadual da Paraíba, Patos, 2014. Disponível em: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/bitstream/123456789/3128/2/PDF%20-%20Jos%C3%A9%20Fernando%20Mamede%20Sampaio.pdf. Acesso em: 11 abr. 2022.

SAMPAIO, T. de F. Qualidade de vida no trabalho: o impacto do estresse ocupacional na saúde do trabalhador. 2018. 44 f. Monografia (Gestão de Pessoas), Universidade Cândido Menezes, Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: https://www.avm.edu.br/docpdf/monografias_publicadas/N208971.pdf. Acesso em: 08 abr. 2022.

SANTOS, C. M. et al. A importância da motivação no ambiente de trabalho. Atena, São Paulo, v. 1, n. 0, p. 1-25, ago/ 2016. Disponível em: file:///home/chronos/u-e5f1ef3761f4e10c4598b66a805a0308947e8074/MyFiles/Downloads/635-2662-2-PB%20(1).pdf. Acesso em: 27 jun. 2022.

SANTOS, V. E. P. et al. O estado nutricional e comportamento alimentar de um grupo de mulheres na estratégia de saúde da família. Revista de Enfermagem da UFSM, São Francisco, v. 2, n. 2, p. 394- 400, ago./2012. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/4409/3767. Acesso em: 18 jun. 2022.

SILVA, A. C. B. da; RODRIGUES, E. L. da C.; TRINDADE, E. L. da. LER/DORT em profissionais da cidade de Belém-PA que utilizam o computador para o desenvolvimento da rotina de trabalho. Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v. 3, n. 4, p. 10285-10293, jul./ago. 2020. Disponível em: file:///home/chronos/u-e5f1ef3761f4e10c4598b66a805a0308947e8074/MyFiles/Downloads/document.pdf. Acesso em: 27 jun. 2022.

SILVA, F. S. et. al. A importância da utilização dos equipamentos de proteção individual e coletiva na prevenção de acidentes. Revista Ambiente Acadêmico Cachoeiro de Itapemirim, v. 4, n. 1, p.123-139, jan./jun, 2018. Disponível em: https://multivix.edu.br/wp-content/uploads/2018/09/revista-ambiente-academico-v04-n01-artigo08.pdf. Acesso em: 11 abr. 2022.

SILVA, R. Teorias da Administração. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.

SILVA, S. R. S. Qualidade de vida no trabalho. 2019. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Administração), Centro Universitário UniEvangélica, Anápolis, 2019. Disponível em: http://repositorio.aee.edu.br/bitstream/aee/8354/1/TCC%20STEPHANIE%20ROCHA%20QUALIDADE%20DE%20VIDA%20NO%20TRABALHO.pdf. Acesso em: 08 abr. 2022.

SILVA, LV. L. da. et al. Análise da motivação de pessoas: um estudo baseado em princípios da hierarquia de necessidades de Maslow. Revista Foco, União da Vitória, v. 10, n. 2, p. 148-166, jan./jul. 2017. Disponível em: https://revistafoco.emnuvens.com.br/foco/article/view/186/pdf. Acesso em: 12 mar. 2022.

SOUZA, A. S. e L. A influência da motivação na produtividade de uma organização do ramo de recrutamento e seleção de pessoas. 2018. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Administração), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, João Pessoa, 2018. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/299843502.pdf. Acesso em: 11 abr. 2022.

SPECTOR, P. Psicologia nas organizações. São Paulo: Saraiva, 2002.

TEIXEIRA, D. B. S.; CRUZ, S. P. L. Atenção à saúde do homem: análise da sua resistência na procura dos serviços de saúde. Revista Cubana de Enfermería, Guanambi, v. 32, n. 4, ISSN 1561-2961, out./dez, 2016. Disponível em: http://www.revenfermeria.sld.cu/index.php/enf/article/view/985/209. Acesso em: 18 jun. 2022.

TORRES, C. C.; FERREIRA, M. C.; FERREIRA, R. R. Pepsic [eletrônica], ISSN 1808-4281. 2016. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-42812016000300004. Acesso em: 27 jun. 2022.

VASCONCELOS, N. L. D; RIBEIRO, R. A. M.; CARVALHO, I. M. M. de. Qualidade de vida no trabalho de funcionários de uma unidade de alimentação e nutrição do município de São Cristóvão/SE. Revista Brasileira de Qualidade de Vida. v. 12, n. 1 (2020). DOI: 10.3895/rbqv.v12n0.10909

VIEIRA, J. L; ROMERA, L. A; LIMA, M. C. P. Lazer entre universitários da área da saúde: revisão de literatura. Revista Ciência e Saúde Coletiva [eletrônica], DOI: https://doi.org/10.1590/1413-812320182312.31012016. 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/HhXyymbt4496gyd6SFpBKkG/?lang=pt. Acesso em: 18 jun. 2022.

Downloads

Publicado

2023-10-16

Como Citar

BRAGAGNOLO, S. M.; DA ROCHA CORDEIRO, J. QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA INDUSTRIAL DE PEQUENO PORTE DO OESTE DE SANTA CATARINA: QUALITY OF LIFE AT WORK: A CASE STUDY IN A SMALL INDUSTRIAL COMPANY IN THE WEST OF SANTA CATARINA. Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador (SC), Brasil, v. 12, n. 2, p. e3092-e3092, 2023. DOI: 10.33362/visao.v12i2.3092. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/3092. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Ética Profissional e Compliance

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)