PERCEPÇÕES SOBRE EMPREGABILIDADE E LIFELONG LEARNING ENTRE PESSOAS EMPREGADAS EM UMA CIDADE DO MEIO-OESTE CATARINENSE

PERCEPTIONS ABOUT EMPLOYABILITY AND LIFELONG LEARNING AMONG EMPLOYED PEOPLE IN A MID-WEST CITY IN SANTA CATARINA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v12i2.3265

Palavras-chave:

Gestão de carreira, Aprendizagem, Empregabilidade

Resumo

Lifelong learning é um termo inglês que, em tradução livre, significa “aprendizado ao longo da vida”. Trata-se de um conceito que preconiza a educação contínua, ou seja, sustenta a ideia de que os estudos devem ser permanentes, e não apenas durante um período da vida. O mercado de trabalho, volátil e competitivo, exige cada vez mais que o profissional esteja preparado para concretizar uma carreira de sucesso. A intenção deste trabalho é analisar as percepções sobre empregabilidade e lifelong learning entre pessoas empregadas na cidade de Fraiburgo-SC. A natureza da pesquisa é quantitativa, de tipologia descritiva. O método de coleta é um questionário e os dados coletados são analisados a partir de análise estatística com apoio de tabelas. Os resultados apontam que os respondestes atualmente estão fazendo curso de reciclagem profissional (59,4%) e procuram oportunidades de desenvolvimento quando não são oferecidas pela empresa (95,4%). Ainda, acreditam que ter um diploma em nível superior faz diferença positiva na hora de procurar uma boa colocação profissional (87,5%) e buscam aprender continuamente (93,7%). Também é possível verificar que 96,8% procuram realizar funções no trabalho que permitam aprender algo novo. Os resultados confirmam que as pessoas buscam atualização e novos conhecimentos para agregar em sua empregabilidade e gestão de carreira.

Palavras-Chave: Gestão de Carreira. Aprendizagem. Empregabilidade.

 

Abstract: Lifelong learning is an English term that, in free translation, means “lifelong learning”. It is a concept that advocates continuous education, that is, it supports the idea that studies should be permanent, and not just during a period of life. The job market, volatile and competitive, demands more and more that the professional is prepared to achieve a successful career. The intention of this work is to analyze the perceptions about employability and lifelong learning among people employed in the city of Fraiburgo-SC. The nature of the research is quantitative, with a descriptive typology. The collection method is a questionnaire and the collected data are analyzed from statistical analysis supported by tables. The results indicate that respondents are currently taking a professional recycling course (59.4%) and seek development opportunities when they are not offered by the company (95.4%). Still, they believe that having a higher education degree makes a positive difference when looking for a good job placement (87.5%) and seek continuous learning (93.7%). It is also possible to verify that 96.8% seek to carry out functions at work that allow them to learn something new. The results confirm that people seek updating and new knowledge to add to their employability and career management.

Keywords: Career Management. Continuous learning. Employability.

Biografia do Autor

Sandra Mara Bragagnolo, Uniarp

Mestre em Desenvolvimento e Sociedade. Coordenadora dos cursos de Administração da Uniarp, nos campi de Caçador e de Fraiburgo. Integrante do Grupo de Pesquisa em Ética, Cidadania e Sustentabilidade. Docente no programa de Pós-Graduação Lato Sensu e na Graduação dos Cursos de Administração e Ciências Contábeis, da Uniarp. Professora tutora e autora do material didático da disciplina de Comunicação e Expressão. Tutora de disciplinas e Projetos Integradores de cursos ofertados na modalidade 100% a distância.

Rafaela Alves da Luz

Acadêmica do Curso de Administração. Universidade Alto Vale do Rio do Peixe-Uniarp.

Referências

ARAGÃO, R.M.R de. Aspectos Cruciais da Formação Profissional do Século XXI. Anais do 5º Simpósio de Ensino de Graduação – UNIMEP/SP. Out. 2007. Disponível em: http://www.unimep.br/phpg/mostraacademica/anais/5mostra/4/109.pdf. Acesso em: 04 de abr. 2023.

BOMFIM, R. A. Competência profissional: uma revisão bibliográfica. Revista Organização Sistêmica vol.1 – nº 1 Jan – Jun 2012. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/revistaorganizacaosistemica/index.php/organizacaoSistemica/article/view/62/36 Acesso em 05 abr. 2023

BRASIL, C. N. E. (CNE). Texto orientador para a audiência pública sobre Educação a Distância. Brasília – DF, outubro de 2014. Comissão CES/CNE DIRETRIZES PARA EaD NA EDUCAÇÃO SUPERIOR. (VERSÃO PRELIMINAR Audiência Pública 7.11.14). Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=16558-texto-referencia-educacao-distancia-ead-pdf&category_slug=outubro-2014-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 25 abr. 2023.

CHIAVENATO, I. Comportamento organizacional: a dinâmica do sucesso das organizações. São Paulo: Manole, 2014. Disponível em: http://admpg.com.br/2019/anais/arquivos/07042019_190713_5d1e7df56c42b.pdf. Acesso em: 28 maio 2023.

DELUIZ, N. O modelo das competências profissionais no mundo do trabalho e na educação: implicações para o currículo. Boletim técnico do SENAC. Rio de Janeiro: v. 27, n. 3, p. 13-25, set./dez., 2001. Disponível em: https://www.adventista.edu.br/source/asped-gtc/O-modelo-das-competencias-profissionais-N_Deluiz-1.pdf. Acesso em: 16 abr. 2023.

DOUTOR, C.; ALVES, N. Formação experiencial e aprendizagem biográfica: refletir para atribuir sentidos às experiências? Educação e Pesquisa, v. 48, p. 24, 2022. Disponível: https://doi.org/10.1590/S1678-4634202248241700por. Acesso em 14 jun. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/s1678-4634202248241700por

DUBAR, C. A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. São Paulo: v. 20, n. 6, p. 15, 2005. Disponível em https://www.scielo.br/j/cp/a/zrnhPNJ4DzKqd3Y3nq7mKKH/?format=pdf&lang=pt. Acesso em 25 abr. 2023.

DUTRA, J. S. Gestão de Carreiras: a pessoa, a organização e as oportunidades. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

DUTRA, J.S. Gestão de Pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2009.

EDJANE, F. Índice de Satisfação no Trabalho e sua Relação com o Clima Organizacional- entre servidores de uma Instituição Pública Federal. (Tese de Mestrado Profissional em Gestão Organizacional, Universidade Federal de Goiás). p. 30, (2016). Disponível em: http://ppggo.sistemasph.com.br/images/documentos/dissertacoes/2014/EDJANE_BORGES_FRAZAO.pdf. Acesso em: 12 jun. 2023.

FREITAG, B. B.; FISCHER, A. L. Talentos em gestão e gestão de talentos: análise da literatura acadêmica e de práticas corporativas. REAd. Revista Eletrônica de Administração (Porto Alegre), v. 23, n.p. 158–187, dez. 2017. https://doi.org/10.1590/1413-2311.152.54930. Acesso em: 28 maio 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-2311.152.54930

GADOTTI, M. Educação Popular e Educação ao Longo da Vida. Brasília: MEC, 2016. p. 50-59. Disponível: https://ojs.brazilianjournals.com.br/index.php/BRJD/article/download/44475/pdf. Acesso em: 12 jun. 2023.

HEDAL, D.H.; ROCHA, M. O discurso da empregabilidade: o que pensam a academia e o mundo empresarial. Cadernos EBAPE. BR v.9. Rio de Janeiro, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1679-39512011000100009. Acesso em: 05 mai. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/S1679-39512011000100009

LACOMBE, Francisco José M. Recursos Humanos: Princípios e Tendências. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

MADRUGA, R. Treinamento e Desenvolvimento com Foco em Educação Corporativa. São Paulo: Saraiva Educação, 2018.

MALSCHITZKY, Nancy. Empregabilidade x Empresabilidade. O ambiente empresarial deve estimular o desenvolvimento profissional. Revista FAE Business, nº 2, junho/2002. Disponível em: ttps://www2.faccat.br/portal/sites/default/files/borges.pdf. Acesso em: 14 jun. 2023.

MCCOWAN, T. As universidades devem promover a empregabilidade? Teoria e Pesquisa em Educação. V. 13, n. 3, p. 267-285, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/DQ5KTMJnXW4LC6pLQmnNSMF/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 14 maio 2023.

MINARELLI, J. A. Superdicas de networking para sua vida pessoal e profissional. São Paulo: Saraiva 2010.

MINARELLI, J. Empregabilidade: o caminho das pedras. 17. ed. São Paulo: Gente, 1995.

MOCELIN, D. G. Mudança tecnológica e qualidade do emprego nas telecomunicações. Sociologias, n. 23, p. 304–339, jan. 2010. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1517-45222010000100011. Acesso em 05 jun. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-45222010000100011

MORAN, J. M. A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. Campinas: Papirus, 2007.

MORAZ, C. A. C. de; EBOLI, M. P. Educação corporativa e desenvolvimento de competências. São Paulo: Atlas, 2008.

NEVES, D. R. et al.. Sentido e significado do trabalho: uma análise dos artigos publicados em periódicos associados à Scientific Periodicals Electronic Library. Cadernos EBAPE.BR, v. 16, n. 2, p. 318–330, abr. 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/1679-395159388

OLIVEIRA, D. P. R. D. Como elaborar um plano de carreira para ser um profissional bem-sucedido. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2018.

QUEENSLAND, L. C. Conheça o conceito de lifelong learning: "educação continuada", o lifelong learning traz benefícios diferentes para a sua vida. São Paulo, 10 abr. 2020. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/31886/1/TESE%20Jaelison%20Rodrigues%20de%20Souza.pdf. Acesso em: 04 abr. 2023.

RABAGLIO, Maria Odete. Seleção por Competências. 2. ed. São Paulo: Educator, 2001.

RODRIGUES, R.; BUTLER, C. L.; GUEST, D. Antecedentes de orientações de carreira multifacetadas e sem fronteiras: o papel das autoavaliações centrais, empregabilidade percebida e capital social. Jornal de Comportamento Vocacional, (2019) Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-82712019240314. Acesso em: 25 abr. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-82712019240314

SARATHY, R.; BARBOSA, J. D. Fatores explicativos da permanência e saída do emprego. Revista de Administração de Empresas, v. 21, n. 1, p. 17–29, jan. 1981. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rae/a/P56W7rLg6bMhky39ScyrPLf/?format=pdf&lang=pt Acesso em 14 jun. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-75901981000100002

SCHLOCHAUER, C.; LEME, M. I. da S. Aprendizagem ao longo da vida: uma condição fundamental para a carreira ReCaPe: Revista de Carreiras e Pessoas. São Paulo. V.02 n.02 Mai/Jun/Jul/Ago 2012. DOI: https://doi.org/10.20503/recape.v2i2.11864

UNESCO. Adoptar una cultura de aprendizaje a lo largo de la vida: contribución a la iniciativa Futuros de la Educación. Alemania: Instituto De La Unesco Para El Aprendizaje A Lo Largo De Toda La Vida, 2021. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000377810. Acesso em: 28 mai. 2023.

VELOSO, F. et al. Com queda na margem, produtividade do trabalho se aproxima do nível anterior à pandemia. FGV - Observatório da Produtividade Regis Bonelli, 2021. Disponível em: https://ibre.fgv.br/observatorio-produtividade/artigos/com-queda-na-margem-produtividade-do-trabalho-se-aproxima-do. Acesso em: 29 maio 2023.

VELOSO, F. Os efeitos da pandemia sobre a produtividade do trabalho no segundo trimestre. FGV - Observatório da Produtividade Regis Bonelli, 2020. Disponível em: https://blogdoibre.fgv.br/posts/os-efeitos-da-pandemia-sobre-produtividade-do-trabalho-no-segundo-trimestre. Acesso em: 29 maio 2023.

VIDIGAL, V. G.; Investimento na qualificação profissional: uma abordagem econômica sobre sua importância. São Paulo, 22 abr. 2012. Disponível em: ttps://www2.faccat.br/portal/sites/default/files/borges.pdf. Acesso em: 14 jun.2023.

VINCENZI, S. L. et al. Escala de Resistência à Mudança (RAM): Construção, Evidências Psicométricas e Versão Reduzida. Psico-USF, v. 21, n. 3, p. 471–486, set. 2016. https://doi.org/10.1590/1413-82712016210303. Acesso em: 03 jun. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-82712016210303

ZAPAROLI, R. M; Empregabilidade e Mercado de Trabalho. Jornal da Manhã Online. Uberaba. Minas Gerais. 2010. Disponível em: http://www.jmonline.com.br/novo/?noticias,22,ARTICULISTAS, 27530. Acesso em 18 abr. 2023.

Downloads

Publicado

2023-10-06

Como Citar

BRAGAGNOLO, S. M.; ALVES DA LUZ, R. PERCEPÇÕES SOBRE EMPREGABILIDADE E LIFELONG LEARNING ENTRE PESSOAS EMPREGADAS EM UMA CIDADE DO MEIO-OESTE CATARINENSE: PERCEPTIONS ABOUT EMPLOYABILITY AND LIFELONG LEARNING AMONG EMPLOYED PEOPLE IN A MID-WEST CITY IN SANTA CATARINA. Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador (SC), Brasil, v. 12, n. 2, p. e3265-e3265, 2023. DOI: 10.33362/visao.v12i2.3265. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/3265. Acesso em: 19 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)