A ADMINISTRAÇÃO E O SURGIMENTO DA GESTÃO DE PESSOAS

Autores

  • Adelcio Machado dos Santos Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP, Caçador, SC
  • Suzana Alves de Morais Franco Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP, Caçador, SC

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v7i2.1900

Palavras-chave:

Administração, Gestão de Pessoas, Evolução.

Resumo

A evolução da ciência da administração possibilitou o surgimento da abordagem direcionada para os recursos humanos na organização, uma vez que, inicialmente, a administração pouco se preocupava com as necessidades manifestas pelas pessoas. Tal característica pode ser observada por meio da descrição histórica da evolução da administração. Nesse sentido, Gil (1994) sustenta que o surgimento da então denominada Administração de Recursos Humanos decorre do crescimento das organizações e do aumento da complexidade das tarefas de gestão de pessoal, sendo que seu desenvolvimento está diretamente relacionado à própria história do desenvolvimento da Teoria Geral da Administração (TGA).

Palavras-Chave: Administração. Gestão de Pessoas. Evolução.

 

Business and the Emerging of the Management of People

Abstract: The evolution of the management science has allowed the appearing of the approach focused on the human resources in the organization, once, at first, management little did concern about the people’s needs. Such characteristic may be observed by means of the historical description of the business evolution. Accordingly, Gil (1994) states that the emerging of such management of human resources derives from the growing of organizations and the increase of the complexity of chores in the management of people’s field, therefore its development is directly related the history of the development of the General Theory of Management (GTM).

Keywords: Business. Management of people. Evolution.

Biografia do Autor

Adelcio Machado dos Santos, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP, Caçador, SC

Pós-Doutor pela Universidade Federal de Santa Catarina. Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento (UFSC). Mestre em Relações Internacionais. Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho; em Psicopedagogia; em Gestão Educacional; em Supervisão, Orientação e Administração Escolar; em Direito Civil; em Negócios Internacionais; e em Ecumenismo e Diálogo Interreligioso. Bacharel em Administração, Direito e Filosofia. Técnico em Transações Imobiliárias. Pesquisador e docente na educação superior, nomeadamente no Mestrado em Administração da Universidade do Oeste de Santa Catarina (em elaboração), participando do Núcleo de Pesquisa em Administração e Desenvolvimento Organizacional. Orientou e participou de bancas examinadoras de trabalhos acadêmicos, bem como recebeu diversas honrarias acadêmicas. Comendador pelo Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina. Trouxe à publicidade artigos em congressos, periódicos e livros. Ex-assessor da Assembléia Estadual Constituinte de Santa Catarina. Membro do Conselho Editorial de várias revistas científicas. Pesquisador nas áreas de Gestão do Conhecimento e de Administração Pública. Avaliador do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina para atividades regulatórias de cursos de graduação e credenciamento institucional. Agente Público, em gestão e assessoramento superior, no exercício de funções educacionais, legislativas e jurídicas, coordenou a elaboração de Planos de Governo do Estado de Santa Catarina. No âmbito filosófico, mantém interesse em Epistemologia e Filosofia da Mente; e, na área teológica, devota-se ao Diálogo Interreligioso. Ex-integrante do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais e do Grupo de Pesquisa em Estratégia e Inovação da Universidade do Sul de Santa Catarina, assim como do Núcleo de Pesquisa em Complexidade e Cognição da Universidade Federal de Santa Catarina. Ex-Presidente do Conselho Estadual de Educação e ex-membro dos Conselhos Estadual de Cultura e do Desporto de Santa Catarina. Estudioso da Literatura Brasileira, com ênfase na obra de Vinícius de Morais. Cultor de Artes Visuais e da Música, precipuamente Bossa Nova. Ex-docente da Unisul Virtual (educação a distância). Reitor da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP). Advogado (OAB/SC nº 4912), com militância em Direito Eleitoral e Processo Legislativo. Administrador (CRA-SC nº 21651), com devotamento à Administração Universitária e á Gestão de Pessoas. Jornalista (MTE/SC nº 4155), dedicado ao Jornalismo Turístico e ao Jornalismo Cultural. Turismólogo, com "expertise" em Turismo Cultural e Hotelaria. Corretor de Imóveis (Creci - SC º 15070). Deu a lume 20 (vinte) livros. Presentemente, pesquisa Ciências da Religião e Relações Internacionais. Link para currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/6663595207403860

Suzana Alves de Morais Franco, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP, Caçador, SC

Advogada. Bacharela em Direito pela Universidade do Alto Vale do Rio do Peixe (Uniarp). Especialista em Direito Empresarial. Mestranda do Programas de Pós-Graduação “Stricto Sensu” em Desenvolvimento e Sociedade (Uniarp)

Referências

DRUCKER, Peter F. Administrando para o futuro. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2001a.

DRUCKER, Peter F. O melhor de Peter Drucker: obra completa. São Paulo: Nobel, 2001b.

DUTRA, Joel Souza. Gestão de pessoas: modelo, processo, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2002.

FARIA, José Carlos. Administração: teorias e aplicações. São Paulo: Pioneira Thomson, 2002.

GIL, Antonio Carlos. Administração de recursos humanos: um enfoque profissional. São Paulo: Atlas, 1994.

GIL, Antonio Carlos. Gestão de pessoas: enfoque nos papéis profissionais. São Paulo: Atlas, 2001.

KUMAR, Krishan. Da sociedade pós-industrial à pós-moderna: novas teorias sobre o mundo contemporâneo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

LACOMBE, Francisco; HEILBORN, Gilberto. Administração: princípios e tendências. São Paulo: Saraiva, 2003.

MEIRELES, Manuel; PAIXÃO, Marisa Regina. Teorias da administração: clássicas e modernas. São Paulo: Futura, 2003.

MORALES, Mércia. Princípios da administração de recursos humanos: aplicados em cursos técnicos e de qualificação profissional. São Paulo: Texto Novo, 2002.

MUNIZ, Adir Jaime de Oliveira. FARIA, Hermínio Augusto. Teoria geral da administração: noções básicas. 4. ed. rev. ampl. São Paulo: Atlas, 2001.

PEDROSO, Ediberto Tadeu. Administração e os novos paradigmas. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2004.

RIBEIRO, Amélia Escotto do Amaral. Pedagogia empresarial: atuação do pedagogo na empresa. Rio de Janeiro: Wak, 2003.

RIBEIRO, Antonio de Lima. Teorias da administração. São Paulo: Saraiva, 2003.

UHLMANN, Gunter Wilhelm. Administração: das teorias administrativas à administração aplicada e contemporânea. São Paulo: FTD, 1997.

Downloads

Publicado

2018-12-31

Como Citar

DOS SANTOS, A. M.; FRANCO, S. A. de M. A ADMINISTRAÇÃO E O SURGIMENTO DA GESTÃO DE PESSOAS. Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador (SC), Brasil, v. 7, n. 2, p. 182-191, 2018. DOI: 10.33362/visao.v7i2.1900. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/1900. Acesso em: 18 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)