DIDÁTICA EM TEMPOS DE RETROCESSOS DEMOCRÁTICOS: O DESAFIO DE PENSAR COMPLEXO

TEACHING IN TIMES OF DEMOCRATIC SETBACKS: THE CHALLENGE OF COMPLEX THINKING

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/professare.v11i3.3009

Palavras-chave:

Didática, Epistemologia da Complexidade, Democracia

Resumo

O artigo tem como objetivo apresentar reflexões sobre o papel da didática em tempos de retrocessos democráticos. Primeiramente, são apresentadas as potencialidades revigorantes do ensino quando o ato de ensinar é visto como ato de resistência, de conservação e de revolução. Em seguida, enfatiza-se a mudança paradigmática de pensamento proposta por Edgar Morin. Por último, aponta-se como a didática fundamentada na Epistemologia da Complexidade pode ser um caminho para o fortalecimento democrático.

Palavras-chave: Didática. Epistemologia da Complexidade. Democracia.

 

ABSTRACT

Abstract

The article aims to present reflections on the role of didactics in times of democratic setbacks. First, the invigorating potential of teaching is presented when the act of teaching is seen as an act of resistance, conservation and revolution. Then, the paradigmatic change of thought proposed by Edgar Morin is emphasized. Finally, it is pointed out how didactics based on the Epistemology of Complexity can be a path to democratic strengthening.

Keywords: Didactics. Epistemology of Complexity. Democracy.

Biografia do Autor

Alfredo Henrique Corrêa de Paula, Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás - PPGE/FE/UFG

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás - PPGE/FE/UFG. Analista Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO).

Marilza Vanessa Rosa Suanno, Universidade Federal de Goiás

Pós-doutorado pela Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT). Doutora em Educação pela Universidade Católica de Brasília UCB (2015). Doutorado sanduíche realizado na Universidade de Barcelona UB (2011/2012). Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás PUC Goiás (2006) revalidação do Mestrado em Ciências da Educação Superior pela Universidad de La Habana UH (2003). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Goiás UFG (1994). Professora efetiva da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás UFG. Vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação PPGE/FE/UFG. Líder do DIDAKTIKÉ Grupo de Estudos e Pesquisas em Didática e Questões Contemporâneas http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/7805627761585698 - DGP/CNPq. Membro da Diretoria do Centro de Estudos e Pesquisas em Didática ? CEPED. Membro da Associação Nacional de Didática e Práticas de Ensino - ANDIPE (Representante do Centro-Oeste). Membro da Diretoria da Rede Internacional de Escolas Criativas (Acordo de Cooperação Internacional com 17 instituições). Membro do Núcleo de Formação de Professores da Faculdade de Educação FE/UFG. Membro da Asociación de Escuelas Creativas ADEC (Barcelona/ES). Membro dos Grupos de Pesquisa: a) Ecologia dos Saberes e Transdisciplinaridade Ecotransd/UCB; b) Rede Internacional Investigando Escolas Criativas e Inovadoras UFT.

Referências

ANDRÉ, Marli E. D. A. de; OLIVEIRA, Maria Rita Neto S. A prática do ensino de didática no Brasil: introduzindo a temática. In: ANDRÉ, Marli E. D. A. de; OLIVEIRA, Maria Rita Neto S. (orgs.). Alternativas no ensino de didática. Campinas: Papirus, 1997.

CASARA, Rubens R. R. O estado pós-democrático: neo-obscurantismo e gestão dos indesejáveis. 1 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2017.

DIAMOND, Larry. The Spirit of Democracy. New York: Holt Paperbacks, 2008.

LEVITSKY, Steven; ZIBLATT, Daniel. Como as democracias morrem. Rio de Janeiro: Zahar, 2018.

LINZ, Juan J.; STEPAN, Alfred. A transição e consolidação da democracia: a experiência do sul da Europa e a da América do Sul. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

MIGUEL, Luis Felipe; OLIVEIRA, Michel. Pânico Moral e Ódio à Diferença: a estratégia discursiva do “Escola Sem Partido”. Revista Sul-Americana de Ciência Política, v. 6, n. 2, 2021, p. 261-278.

MORAES, Maria Cândida. Didática transdisciplinar como expressão de uma fenomenologia complexa. Inter-Legere - Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRN. Natal-RN, n. 16, jan./jun. de 2015. p. 186-213.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. 24ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2018.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. 5 ed. Porto Alegre: Sulina, 2015.

MORIN, Edgar. Entender o mundo que nos espera. In: MORIN, Edgar; VIVERET, Patrick. Como viver em tempo de crise? 2ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2015b.

MORIN, Edgar. A via para o futuro da humanidade. 2ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2015c.

MORIN, Edgar; KERN, Anne-Brigitte. Terra-Pátria. 6 ed. Porto Alegre: Sulina, 2011.

PIMENTA, Selma Garrido. As ondas críticas da didática em desenvolvimento: resistência ao tecnicismo/neotecnicismo neoliberal. In: SILVA, Marcos; ORLANDO, Cláudio; ZEN, Giovana (orgs.). Didática: abordagens teóricas contemporâneas. Salvador: EDUFBA, 2019.

SANTOS, Wanderley Guilherme dos. A democracia impedida: o Brasil no século XXI. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2017.

SUANNO, Marilza Vanessa Rosa. Campo didático em contraposição ao neoliberalismo e ao neotecnicismo: apontamentos sobre perspectivas interculturais, complexas, transdisciplinares e sensíveis. ANPED, 2021.

SUANNO, M. V. R. (2022). ENTRE BRECHAS E BIFURCAÇÕES A DIDÁTICA SEGUE EM MOVIMENTO E EM CONTRAPOSIÇÃO AO NEOLIBERALISMO/NEOTECNICISMO. Cadernos De Pesquisa, 29 (3). https://doi.org/10.18764/2178-2229v29n3.2022.46

SUANNO, Marilza Vanessa Rosa. Didática e trabalho docente sob a ótica do pensamento complexo e da transdisciplinaridade. Tese de Doutorado em Educação, pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação, pela Universidade Católica de Brasília – UCB, Brasília-DF, 2015. 493 p.

Downloads

Publicado

2022-12-22

Como Citar

Corrêa de Paula, A. H., & Suanno, M. V. R. . (2022). DIDÁTICA EM TEMPOS DE RETROCESSOS DEMOCRÁTICOS: O DESAFIO DE PENSAR COMPLEXO: TEACHING IN TIMES OF DEMOCRATIC SETBACKS: THE CHALLENGE OF COMPLEX THINKING. Professare, 11(3), e3009-e3009. https://doi.org/10.33362/professare.v11i3.3009

Edição

Seção

Dossiê: FORMAÇÃO DOCENTE: estudos e práticas educativas