PENTÁGONO DE POLÍTICAS PÚBLICAS COMO MODELO DE ANÁLISE NA IMPLEMENTAÇÃO DA INOVAÇÃO SOCIAL

PUBLIC POLICIES PENTAGON AS ANALYSIS MODEL IN THE IMPLEMENTATION OF SOCIAL INNOVATION

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33362/visao.v10i2.2755

Palavras-chave:

Pentágono de Políticas Públicas, Inovação Social, Barreiras, Indutores, Implementação

Resumo

O presente estudo tem como problema de pesquisa: De que maneira a sociologia política da ação pública contribui para esclarecer as barreiras e indutores na implementação da inovação social? Para responder tal problema, esta pesquisa propõe a utilização do pentágono de políticas públicas como modelo de análise na implementação da inovação social, tendo em vista a capacidade do mesmo para análise de aspectos cognitivos dos atores, que podem contribuir para explanar a dimensão política da inovação social, a qual é tida como incógnita que demanda esclarecimento. O estudo da implementação da inovação social a partir de um modelo de análise de implementação de políticas públicas é possível porque tanto a inovação social quanto a ação pública levam em conta os quadros cognitivos decorrentes da interação e articulação de atores, aspectos subjetivos e objetivos, com foco na solução de uma questão social como a desigualdade social, a pobreza, o crime, o analfabetismo. Tanto a ação pública quanto a inovação social consideram importante a diversidade de atores e a atuação ativa destes, o empoderamento, o protagonismo dos mesmos, na busca por soluções para questões sociais. O estudo da inovação social é relevante para toda sociedade, pois é um tema que aborda questões de interesse coletivo. O presente trabalho inova na medida em que propõe que a implementação da inovação social seja analisada por meio do pentágono de políticas públicas.

Palavras-Chave: Pentágono de Políticas Públicas. Inovação Social. Barreiras. Indutores. Implementação.

 

Abstract: The present study has the following research problem: How does the political sociology of public action contribute to clarify the barriers and dravers in the implementation of social innovation? To answer this problem, this research proposes the use of the public policies pentagon as a model of analysis in the social innovation implementation, given its ability to analyze cognitive aspects of actors, which contribute to explain the political dimension of social innovation, which is considered a unknown variable that requires clarification. The study of social innovation implementation from a model of public policy implementation analysis is possible because both social innovation and public action take into account cognitive aspects arising from the interaction and articulation of actors, subjective and objective aspects, focused on solving a social issue such as social inequality, poverty, crime, illiteracy. Both public action and social innovation consider important the diversity of actors and their active role, their empowerment, their protagonism, in the search for solutions to social issues. The social innovation study is relevant to society as a whole, as it is a topic that addresses issues of collective interest. The present study innovates in that it proposes that the implementation of social innovation be analyzed through of the public policies pentagon.

Keywords: Public Policies Pentagon. Social Innovation. Barriers.  Drivers. Implementation.

 

Referências

ANDRÉ, Isabel.; ABREU, Alexandre. Dimensões e espaços da inovação social. Finisterra, XLI, 81, pp. 121-141, 2006.

ANDION, Carolina; ALPERSTEDT, Graziela Dias; GRAEFF, Júlia Furlanetto. Ecossistema de inovação social, sustentabilidade e experimentação: um estudo em Florianópolis. Revista de Administração Pública, V.4, n.1, 2020.

ANDION, Carolina.; RONCONI, Luciana.; MORAES, Rubens Lima.; Golsalves, AghataKaroliny Ribeiro.; SERAFIM, Lilian Brum Duarte. Sociedade civil e inovação social na esfera pública: uma perspectiva pragmatista. Revista de Administração Pública. 51(3):369-387, maio - jun. 2017.

BEKKERS, Victor; TUMMERS, Lars; VOORBERG, William. From public innovation to social innovation in the public sector: A literature review of relevant drivers and barriers, 2013.

BIGNETTI, Luiz Paulo. As inovações sociais: uma incursão por ideias, tendências e focos de pesquisa. Ciências Sociais Unisinos. São Leopoldo, Vol. 47, N. 1, p. 3-14, jan/abr 2011.

CAVALCANTI, Sérgio; LOTTA, Gabriela S.; PIRES, Roberto Rocha C. Contribuições dos estudos sobre burocracia de nível de rua. In: PIRES, Roberto; LOTTA, Gabriela; OLIVEIRA, Vanessa Elias de. (org.). Burocracia e políticas públicas no Brasil: intersecções analíticas. 1 ed. Brasília: Ipea/ENAP, v.1, p.227-246, 2018.

CÓRDOVA, David Aarón Morales. Innovación social e acción coletiva, um estúdio de caso: ecoagricultoresdelSur. Estudios Políticos. V.33, p.75-95, 2014.

CORREIA, Suzanne Nóbrega; OLIVEIRA, Verônica Macário de; FEITOSA, Maria José da Silva; GOMÉZ, Carla Regina Pasa. Administração Pública e Gestão Social. V.10, n.3, p.160-225, 2018.

FEITOSA, Maria José da Silva; SANO, Hironobu. Educação integral no ensino médio sob a ótica da inovação social. In: Anais... XXII Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente – Engema, Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP). Disponível em:

https://engemausp.submissao.com.br/22/arquivos/681.pdf

FEITOSA, Maria José da Silva; SANO, Hironobu; RAMOS, Anatália Saraiva Martins. Barreiras e indutores da inovação social: uma revisão sistemática de literatura. In: Anais... Congresso Internacional de Administração – ADM 2020. Ponta Grossa – PR, 2020. Disponível em: https://admpg.com.br/2020/anais/arquivos/08282020_200814_5f4990f2021d1.pdf

FERNANDEZ, Michelle Vieira; GUIMARÃES, Natália Cordeiro. Caminhos teórico-metodológicos para a análise da burocracia de nível de rua. Revista Brasileira de Ciência Política [online]. 2020, n.32, pp.283-322. Epub July 21, 2020.

HULGÅRD, Lars; FERRARINI, Adriane Vieira. Inovação social: rumo a uma mudança experimental na política pública? Revista Ciências Sociais, Unisinos, v.46, n.3, p.256-263, 2010.

GREGOIRE, Maud. Exploring various approaches of social innovation: a francophone literature review and a proposal of innovation typology.Revista de Administração de Mackensie, edição especial, v.17, n.6, p.47-7, 2016.

LASCOUMES, Pierre; LE GALÈS, Patrick. Sociologia da ação pública. [Traduzido por] George Sarmento, Edufal, AL, 2012.

LIPSKY, Michael. Burocracia em nível de rua: dilemas do indivíduo nos serviços públicos. Traduzido por Arthur Eduardo Moura da Cunha, Brasília: Enap, 2019.

MACEDO, Marconi Neves. A ação pública dos organismos internacionais e nacionais para as mudanças no SINAES em 2017: revelando coalizões. (Tese de Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – PPGA/UFRN, 2021.

MOTTA, Fernando Cláudio Prestes; VASCONCELOS, Isabella Gouveia de. Teoria geral da administração. 3. ed. São Paulo: Thomson Learning, 2006.

NILCHOLLS, Alex; SIMON, Julie; GABRIEL, Madeleine. New frontiers in social innovation research, 2015. Disponível em: https://link.springer.com/content/pdf/10.1057%2F9781137506801.pdf

OLIVEIRA, Lya Cynthia Porto de. Poderia a Sociologia da Ação Pública ir Além da Análise de Políticas Públicas? In: Anais eletrônicos...XL Encontro da Anpad – EnANPAD 2016, Costa do Saípe/BA, 2016.

PACHECO, Anderson Sasaki Vasques.; SANTOS, Maria João.; SILVA, Karin Vieira da.; PACHECO, Andressa Sasaki. Dos objetivos ao surgimento de uma inovação social: um estudo de caso em uma organização da economia solidária. P2P & INOVAÇÃO, Rio de Janeiro, v. 4 n. 2, p.119-140, Mar./ Ago. 2018.

POL, Eduardo; VILLE, Simon Philip. Social innovation or enduring term? The Journal of Socio-Economics. V. 38, p. 878–885, 2009.

PORTALES, Luis. Social innovation and social entrepreneurship: fundamentals, concepts, and tools. Springer, 2019. Disponível em: <https://books.google.com.br/books?id=y3eUDwAAQBAJ&printsec=copyright&redir_esc=y#v=onepage&q&f=false>

ROCHA, Roberto. A avaliação da implementação de políticas públicas a partir da perspectiva neo-institucional: avanços e validade. Cadernos EBAPE.BR, v. 2, n.1, p.1-12, 2004.

SILVA, Ricardo. Sociologia política e ideologia autoritária. Política e Sociedade. N.1, 2002.

TEIXEIRA, Jeanne Christine Mendes; ARAÚJO, Maria Arlete Duarte de. Implementação do plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos no município de Natal (RN): o papel dos atores. Administração Pública e Gestão Social. V.12, n.4, 2020.

TINOCO, Dinah dos Santos. Modelos contemporâneos de análise de políticas públicas na França: análise sequencial, análise cognitiva e análise de redes. INTERFACE - Natal/RN - v. 5 - n. 1 - jan./jun. 2008

TOLEDO, Carlos José Teixeira de. O neoinstitucionalismo histórico como método de análise jurídica de políticas públicas: o estudo da trajetória da política de carreira docente. Revista Estudos Institucionais, v. 5, n. 3, p. 977-1002, set./dez. 2019.

Downloads

Publicado

2021-12-08

Como Citar

DA SILVA FEITOSA, M. J. .; SANO, H. . PENTÁGONO DE POLÍTICAS PÚBLICAS COMO MODELO DE ANÁLISE NA IMPLEMENTAÇÃO DA INOVAÇÃO SOCIAL: PUBLIC POLICIES PENTAGON AS ANALYSIS MODEL IN THE IMPLEMENTATION OF SOCIAL INNOVATION . Revista Visão: Gestão Organizacional, Caçador (SC), Brasil, v. 10, n. 2, p. 24-41, 2021. DOI: 10.33362/visao.v10i2.2755. Disponível em: https://periodicos.uniarp.edu.br/index.php/visao/article/view/2755. Acesso em: 17 jan. 2022.

Edição

Seção

10º FÓRUM INTERNACIONAL ECOINOVAR (Trabalhos Premiados)